Por

Brasília - Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco (MDB) deverá deixar o governo de Michel Temer. Ele nega publicamente, mas está interessado em se candidatar a deputado federal e, para isso, teria que deixar o cargo em abril por conta da desincompatibilização exigida no período pré-eleitoral. Caso se eleja, Moreira manteria o foro privilegiado em meio às investigações da Operação Lava Jato, na qual foi citado.

Moreira tem viajado o país para inaugurar obras e realizações do governo federal. Um integrante do Planalto diz que o objetivo é reforçar, nas agendas em que Temer não possa comparecer, que as benfeitorias são fruto de esforço da União. "Em alguns estados governados pela oposição, realizações do governo federal estavam sendo alardeadas como feitos do governo estadual."

Investimento estrangeiro

Apesar de a agência de classificação de risco Standard & Poor's ter reduzido a nota de crédito do Brasil na semana passada, o Planalto acredita que conseguirá aumentar o investimento estrangeiro no país. O Fórum de Investimentos Brasil (Brazil Investment Forum) está previsto para ocorrer em maio, em São Paulo, com a presença de Temer.

Tratamento de câncer

O vereador Fernando William está preocupado com a situação do hospital Mário Kroeff, especializado em oncologia. "Em visita à unidade, os diretores me disseram que estão há um mês e meio sem receber a verba da prefeitura para pagar aos médicos e aos demais funcionários. Caso algum paciente com câncer precise interromper o tratamento, será algo criminoso".

Resposta

A Secretaria de Saúde diz que falta apenas repassar parte do pagamento de novembro e que agora analisa "o financeiro existente de forma a poder repassar recursos como parte das compensações". Apesar de não pertencer à rede pública, o Mário Kroeff presta serviços contratualizados para a prefeitura.

Público e privado

Uma moradora da Tijuca teve um mal súbito, e amigos ligaram para o Samu. Em pouco mais de dez minutos, o socorro gratuito chegou. Ela foi levada para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Após medicada e estabilizada, foi transferida para a Casa de Portugal, unidade privada no Rio Comprido. No frio da CTI, pediu três vezes por um cobertor extra. Não foi atendida. Uma ilustração de que nem sempre o atendimento público é inferior ao particular.

Sessões caíram

Levantamento do Palácio Guanabara conclui que as derrubadas de sessões provocadas pela oposição na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa, referentes a votações do pacote de austeridade, acarretam em atraso de quatro meses no recebimento da verba do governo federal.

PICADINHO
Publicidade
Com foco na produção de conhecimento e na preservação da história institucional, o Núcleo de Publicação e Memória da Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou vídeos que contam a trajetória dos profissionais da pasta. Os posts ressaltam a memória da secretaria por meio de depoimentos de servidores.
Você pode gostar
Comentários