Vacina - Reprodução
VacinaReprodução
Por

Viramos o ano e um dos assuntos em destaque neste início de 2018 na imprensa carioca é o surto de hepatite A, no Vidigal, na Zona Sul do Rio. Até o final da semana passada, eram 104 casos notificados, dos quais 75 confirmados. O primeiro caso da doença no Vidigal se verificou, segundo a Superintendência de Vigilância em Saúde do município do Rio, a partir de agosto. Mas foi em dezembro que o número de casos pulou, chamando a atenção das autoridades.

Foram adotadas medidas de prevenção, controle e de assistência aos pacientes, como a coleta da água em vários pontos da comunidade. O material passou por testes em laboratório de referência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Vigilância Sanitária municipal. O resultado do primeiro lote de coleta mostrou que a água estava contaminada pelo vírus da hepatite A em três dos dez pontos analisados.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforçou a vacinação para as crianças menores de 5 anos no Vidigal e recomendou que, ao perceberem sintomas como náuseas, febre, falta de apetite, fadiga, diarreia e icterícia (quando a pele fica amarela), moradores procurem o Centro Municipal Rodolpho Perissè.

CUIDADOS COM A ÁGUA

Mas, se o problema é a água, é importante a população atentar para cuidados básicos de higiene, que evitam a contaminação. Uma cartilha da SMS tem sido distribuída nas comunidades com informações importantes sobre a hepatite A. Para beber água com segurança, pingue duas gotas de água sanitária em um litro de água e deixe descansar por 30 minutos; frutas, verduras e legumes devem ser limpos com a dissolução de uma colher de sopa de água sanitária em um litro de água; para lavar louça, use duas colheres de sopa de água sanitária para cada litro de água. E não esquecer de lavar sempre as mãos antes de preparar os alimentos; antes e após as refeições; a cada troca de fralda; ou manipulação de fezes ou lixo.

A hepatite A é uma doença aguda do fígado causada por um vírus e transmitida por água, alimentos e objetos contaminados com fezes que são levados a boca ou pelo contato pessoa a pessoa.

Você pode gostar
Comentários