Ótica Cidadã atenderá aposentados, pensionistas e desempregados - Reprodução de Internet
Ótica Cidadã atenderá aposentados, pensionistas e desempregadosReprodução de Internet
Por

Lançado em julho do ano passado, o programa Ótica Cidadã, que oferece óculos a R$ 60 para a população de baixa renda, está ampliando sua base de atendimento. Antes restrito a beneficiários do Bolsa Família, agora a iniciativa atende também aos assalariados, aposentados e pensionistas com rendimento de até R$ 1,2 mil. A meta é beneficiar 25 mil pessoas até o fim do ano. No Brasil, 30 milhões de indivíduos possuem problemas de visão e não têm acesso aos óculos de grau.

Desempregados que comprovarem a rescisão e seu último contracheque também terão o direito. "Observamos grande demanda de interessados sem poder de compra e que não participam de programas do governo. Assim, optamos por aumentar a abrangência para que o benefício chegue a mais camadas da população", afirma Sandra Abreu, diretora do Instituto Ver&Viver, responsável pela iniciativa.

Em todo o país, cinco redes fazem parte do programa: Óticas Diniz, Chilli Beans, Mercadão dos Óculos, Óticas Carol e Óticas Visão. O programa surgiu de uma rede de cooperação privada entre os principais agentes do segmento, o Grupo Essilor.

BENEFÍCIO

Os óculos são voltados para a correção de miopia, hipermetropia ou astigmatismo. O programa também beneficia cônjuges e filhos com menos de 18 anos. No caso específico do Bolsa Família, os pais dos beneficiários também são contemplados. O participante deve acessar o site www.oticacidada.org.br e localizar as óticas que fazem parte do programa.

Você pode gostar
Comentários