Jair Bolsonaro (sem partido)AFP

Brasília - O fiasco do vôlei brasileiro na Olimpíada de Tóquio deixou a Confederação Brasileira da modalidade em situação complicada na quadra política. Os bastidores da renovação do contrato de patrocínio do Banco do Brasil para o esporte foram estressantes, antes dos Jogos. O presidente Jair Bolsonaro (foto) queria cortar os milhões que a CBV recebe por ano das verbas federais. A renovação teve redução de valores. Agora, com apenas a medalha de prata no coletivo feminino e o vôlei de praia sem pódio, os atletas vão ser cobrados pela Secretaria de Esportes na Esplanada.
Areia pelando
Publicidade
As críticas ao vôlei de praia entre portas são as maiores. É a primeira vez que os atletas voltam sem prêmios desde a estreia da modalidade em Olimpíadas.
Saudade do Rio
Publicidade
A cerimônia de encerramento dos Jogos de Tóquio, com o respeito aos japoneses, lembrou apresentações de artistas de rua no Largo da Carioca. O Rio 2016 deu show.
7 de Setembro
Publicidade
Vai render debates este 7 de setembro de 2021. Grupos bolsonaristas pretendem acampar novamente no gramado da Esplanada em apoio ao presidente. E se bancam.
Virou guerra
Publicidade
O presidente Bolsonaro vai para a Av. Paulista no feriado do 7 de Setembro e dará o mote da sua campanha à reeleição para ano que vem. Não será o antipetismo e o combate à corrupção que o alçaram à Presidência em 2018. Acredite, será a pauta anti-STF, e críticas ao poder concentrado nas mãos de ministros.
Oi e tchau!
Publicidade
Bem discreto a seu modo - pega praia sozinho no meio dos turistas no Algarve - o presidente português Marcelo Rebelo de Souza não fez diferente por aqui. Semana passada, passeou incólume pela Esplanada com apenas um funcionário. Tirou fotos na Torre de TV e no letreiro "Eu Amo Brasília".
Corda bamba
Publicidade
André Mendonça deixou o cargo na AGU para fortalecer o lobby no Senado por seu nome. Sua indicação ao STF ainda não convenceu a maioria dos senadores.
Salto com obstáculos
Publicidade
O deputado Diego Andrade (PSD-MG) apresentou projeto de lei (2740/21) que garante a atletas olímpicos e paraolímpicos matrícula em instituição pública de ensino superior.
Filme da vida real
Publicidade
A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) postou no Twitter crítica sobre descaso do Governo com a Cinemateca, que sofreu incêndio no prédio em São Paulo. O secretário de Cultura, Mário Frias, respondeu ironicamente que a perícia está ocupada tentando descobrir quem nela bateu enquanto dormia.
Ponta dos dedo$
Publicidade
O PIX não surgiu apenas para uma concorrência à TED, mas aparece agora como meio de pagamento na praça preferido por muitos. É o que mostra pesquisa inédita da TIM Ads. A opção do pagamento instantâneo pelo app empatou com os cartões de débito e crédito (14%), e só perdeu para o uso de dinheiro em espécie, preferido por 39% dos entrevistados.
Termômetro
Publicidade
O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial, apurado pela Associação Brasileira de Automação-GS1, apresentou queda de 14% na comparação com o mês de Junho, no dado livre de efeitos sazonais. Mas o saldo continua positivo quando se observa o acumulado de 12 meses.
 
Publicidade
ESPLANADEIRA
Grupo Petrópolis marca presença na 33a edição do Congresso Nacional Abrasel, de quarta a sexta-feira.
Publicidade
38ª edição do INFORUSO, evento de tecnologia e negócios, tem inscrições abertas para edição virtual de terça a quinta-feira.
Adriana Silva Santiago lança quarta-feira o livro 'As dores do mundo em tempos sombrios' (Ed. Scortecci).
Publicidade
Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro, e Espaço Cultural Correios, em Niterói, recebem Bienal Bela com exposição 'A Natureza na Arte'.
CAPEMISA Seguradora realiza 12a edição da campanha Sou Você.
Publicidade
Cientista Econômico Gustavo Miotti escreve livro 'Crônicas de uma Pandemia'.
 
Publicidade
Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para [email protected]