Mais Lidas

Biblioteca Parque do Centro será reaberta em maio

Além dos livros, o prédio de 15 mil metros quadrados conta com espaço para aulas de interpretação, sala de música e estúdio para gravação de vídeos

Por PAULO CAPPELLI

Secretário estadual de Cultura, Leandro Monteiro anuncia reabertura da Biblioteca Parque do Centro e de espaços culturais na Zona Norte
Secretário estadual de Cultura, Leandro Monteiro anuncia reabertura da Biblioteca Parque do Centro e de espaços culturais na Zona Norte -

Fechada há um ano e quatro meses por falta de recursos, a Biblioteca Parque do Centro finalmente tem data para ser reaberta: 30 de maio. Além dos livros, o prédio de 15 mil metros quadrados conta com espaço para aulas de interpretação, sala de música e estúdio para gravação de vídeos. A reinauguração é anunciada pelo secretário estadual de Cultura, Leandro Monteiro. Outros dois equipamentos também serão reabertos: o Centro Cultural AfroReggae, em Vigário Geral, e o Projeto Atitude Social, na Vila Cruzeiro. "A ideia é tirar as crianças das ruas e colocá-las em contato com atividades culturais", diz Monteiro.

O DIA: Quando a Biblioteca Parque do Centro, na Avenida Presidente Vargas, voltará a funcionar? O que foi feito para viabilizar a reabertura?

Leandro Monteiro: No dia 30 de maio. A ideia é que o processo licitatório para o gerenciamento da biblioteca já tenha sido concluído até lá. Caso ainda falte algum detalhe, vou mobilizar funcionários de toda a Secretaria de Cultura, incluindo Funarj, Theatro Municipal e Museu da Imagem e do Som para que não falte pessoal na Biblioteca Parque do Centro. A ordem do governador Pezão (MDB) é: "Enquanto a licitação não é concluída, dê o seu jeito para reabrir". Na Biblioteca Parque do Centro, serão necessários cerca de 30 profissionais.

Esse exemplo já foi utilizado em outras bibliotecas parque?

Já. Nos mesmos moldes, nós reabrimos a Biblioteca Parque da Rocinha em fevereiro. E, anteontem, a de Manguinhos. Em ambas as unidades, estão atuando servidores efetivos e comissionados da Secretaria de Cultura.

A licitação que deverá ficar pronta até 30 de maio abrange só a unidade do Centro ou essas duas também?

Será uma grande licitação que engloba as bibliotecas parque já mencionadas Centro, Rocinha e Manguinhos e mais a do Complexo do Alemão. A do Alemão ainda não tem data para reabrir. Vou me reunir com o secretário de Segurança, Richard Nunes, para traçarmos um planejamento. Friso que a existência de espaços como esses em áreas conflagradas é essencial para que jovens não rumem para o tráfico.

Qual o custo previsto para o gerenciamento das quatro bibliotecas?

Cerca de R$ 2,5 milhões por ano.

O senhor falou em áreas conflagradas. Neste mês de abril há outras inaugurações previstas em regiões de vulnerabilidade social, correto?

Sim. No dia 7, vamos reabrir o Centro Cultural AfroReggae, em Vigário Geral, e, dia 15, o Projeto Atitude Social, na Vila Cruzeiro. Em ambos haverá aulas de instrumentos musicais, como violão, violino e violoncelo. E também de balé. Já conversei com a (renomada bailarina) Ana Botafogo para nos ajudar nesse projeto. Também estamos elaborando parceria com consulados de outros países para que nesses espaços ocorram aulas de inglês, francês e italiano.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

O deputado federal Marcelo Calero, do PPS Divulgação
Secretário estadual de Cultura, Leandro Monteiro anuncia reabertura da Biblioteca Parque do Centro e de espaços culturais na Zona Norte Divulgação

Comentários