Universal decide comprar briga da crise envolvendo Crivella

A ordem é partir para cima dos vereadores que apoiarem o impeachment do prefeito

Por Cassio Bruno (interino)

Cúpula da Igreja vai 'partir pra cima' dos vereadores que apoiarem o impeachment do prefeito
Cúpula da Igreja vai 'partir pra cima' dos vereadores que apoiarem o impeachment do prefeito -

Rio - Em reunião na noite de anteontem, a cúpula da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) decidiu comprar a briga da crise envolvendo Marcelo Crivella (PRB). A ordem é a seguinte: responder às acusações de favorecimento religioso na prefeitura. A estratégia será voltada aos vereadores que apoiarem o impeachment do prefeito.

Serão dois os caminhos. Primeiro, levantar informações contra os parlamentares e divulgá-las no meio evangélico. Além disso, pastores de templos da cidade responderão a tais vereadores nos cultos e na presença dos fiéis, principalmente em seus redutos eleitorais.

Renovado

Saiu no Diário Oficial: a prefeitura do Rio renovou contrato com a FSB Estratégia em Comunicação por R$ 5,9 milhões para assessoria de imprensa e relações públicas. E com a Binder, Prole e Propeg para publicidade e propaganda, por R$ 56,2 milhões.

Sem transparência

Falta transparência à Câmara de Nova Iguaçu. No site, o eleitor da cidade não encontra, por exemplo, detalhes de contratos, empenhos pagos e liquidados e os nomes de servidores com os respectivos salários.

Contas rejeitadas

A Câmara de São João de Meriti rejeitou anteontem as contas do ex-prefeito Sandro Matos de 2015 e 2016. Os vereadores seguiram o parecer do Tribunal de Contas do Estado. Matos é pré-candidato a deputado federal pelo PSD.

Portas abertas

Carlos Lupi, presidente do PDT, elogia o deputado Pedro Fernandes, pré-candidato ao governo pelo partido. Mas... pelo andar da carruagem, é cada vez maior o flerte com o DEM por uma aliança com Ciro Gomes.

Vice de Paes, não

Assim, o PDT abraçaria Eduardo Paes (DEM), pré-candidato ao Guanabara. "Abrimos diálogo em cima de um projeto", diz Lupi. Pedro Fernandes reage: "A prioridade é o Ciro. Mas não serei vice do Eduardo em hipótese nenhuma".

Um vez Flamengo

Carlinhos Presidente (PHS), pré-candidato a deputado federal, tem divulgado na Baixada e nas redes sociais que o Esporte Clube Miguel Couto, time que comanda, faz parceria com o Flamengo. Programou até uma seleção de atletas no sábado, com a presença de Maurício Albuquerque, observador do futebol de base do rubro-negro.

Só que...

O Flamengo negou ter parceria com o Miguel Couto, de Carlinhos Presidente. "Diante do possível cunho político do evento citado e da divulgação de parceria inexistente, o clube orientou o funcionário a cancelar a ida", diz a nota.

Cadê Beltrame?

José Mariano Beltrame tem trabalhado como consultor. Dia 17 de setembro, falará sobre ética na segurança, na sede do Botafogo Medical Center. Será a última das oito palestras programadas do evento "BMC Talks".

Pediu para sair

Beltrame foi secretário de Segurança de Sérgio Cabral, preso na Lava Jato, e de Pezão. Pediu o boné em meio à crise no setor.

Fora de época

A Justiça Eleitoral cancelou um evento do Detran e da Fundação Leão XIII, em São Francisco de Itabapoana, por entender que seria para beneficiar o deputado estadual João Peixoto (PSDC), pré-candidato à reeleição.

Comentários