A briga pelo Rock in Rio 2021 entre Crivella e Doria

Governador eleito mostrou interesse em levar o evento para São Paulo

Por CÁSSIO BRUNO

Rock in Rio
Rock in Rio -

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), e o empresário Roberto Medina assinam nesta quinta-feira o contrato de parceria para a realização do Rock in Rio de 2021, ou seja, a nona edição. O anúncio, que seria feito apenas no ano que vem, será antecipado por decisão de Crivella. Motivo: o governador eleito João Doria (PSDB) mostrou interesse em levar o evento para... São Paulo!

Para não correr risco, Crivella se reuniu com Medina, dono do Rock in Rio, há três semanas, e fecharam o acordo. No encontro, estão previstas as presenças de Luis Justo, CEO da marca, e Marcelo Athayde, da Concessionária Rio Mais (administradora do Parque Olímpico, onde ocorre o festival).

Cadê o secretário?

Muita gente tem sentido falta do secretário de Governo escolhido por Wilson Witzel (PSC) nas tensas e cruciais sessões na Alerj. Gutemberg de Paula Fonseca, ex-árbitro, não tem aparecido por lá.

Não articula

A ausência de Gutemberg virou até assunto nas rodinhas do Legislativo. Dizem que ele não é do ramo e não tem conversado com os deputados.

2020 é logo ali

O PSL tem três deputados eleitos na disputa pela indicação do partido para concorrer à Prefeitura do Rio: Alana Passos, Major Fabiana Silva e Rodrigo Amorim. Quem decidirá, claro, será Jair Bolsonaro.

Aliás...

A legenda de Bolsonaro se reúne nesta quinta-feira, em Niterói, para falar sobre eleição. Quer emplacar seis vereadores. Para prefeito, estuda lançar Carlos Jordy, deputado federal eleito.

Em tempo

Duas pessoas têm sido muito prestigiadas pelo novo presidente: Alana Passos e Hélio Negão, outro eleito deputado federal. Ambos sempre viajam com Jair no avião da FAB.

Meu Deus!

A placa em homenagem a Marielle Franco (PSOL), posta na Câmara, revoltou William Coelho (MDB) e Jones Moura (PSD).

Barraco do TCM

O Tribunal de Contas do Município (TCM-RJ) foi palco nesta terça-feira de um bate-boca e troca de acusações entre o presidente Thiers Montebello, reeleito para o biênio 2019-2020, e o conselheiro José de Moraes.

Segue...

A confusão começou durante sessão depois de Moares ter questionado o processo eleitoral do TCM-RJ. Montebello é presidente do tribunal por mais de duas décadas.

'Vossa Excelência'

"Vota em quem Vossa Excelência quiser ou não vota. Faz o que quiser (...) Nunca fui de fazer composição (eleitoral) em gabinete", disparou Montebello.

Composição x ação

"Faz composição, sim. Já temos o resultado (da eleição)", contra-atacou José de Moraes antes da votação. "Então, entra com uma ação", respondeu o presidente.

Na Justiça

O Sindicato dos Enfermeiros do Rio conseguiu na Justiça com que a prefeitura de Duque de Caxias pague os salários atrasados e o décimo terceiro da categoria na cidade. A multa é de R$ 50 mil por dia pelo descumprimento.

Outro lado

A prefeitura diz que se manifestará sobre o caso só após ter acesso à decisão.

Comentários