Crivella, da Universal, autoriza obra de igreja frequentada por família Bolsonaro

Com oito mil fiéis, templo evangélico poderá construir prédio de cinco andares em área residencial na Barra da Tijuca

Por CÁSSIO BRUNO

Michelle ao lado do marido, o presidente eleito Jair Bolsonaro, na Igreja Atitude, na Barra da Tijuca
Michelle ao lado do marido, o presidente eleito Jair Bolsonaro, na Igreja Atitude, na Barra da Tijuca -

Ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), sancionou a lei que permite a construção de um templo de cinco andares da Igreja Batista Atitude, na Barra. Saiu no Diário Oficial desta sexta-feira. A iniciativa é do vereador Inaldo Silva (PRB), com co-autoria de Felipe Michel (PSDB) e Marcello Siciliano (PHS), investigado pela morte de Marielle Franco (PSOL).

A futura primeira-dama Michelle Bolsonaro é uma das frequentadoras da igreja, localizada na Rua Sylvio da Rocha Pollis 751. O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), também já participou de cultos no local, que hoje recebe, em média, oito mil fiéis.

Improviso

A Igreja Batista Atitude tem parte da estrutura formada por uma grande tenda e funciona de forma improvisada. Antes da legislação ser aprovada e sancionada por Crivella, a construção era proibida naquela área residencial.

Cara na porta

Funcionários que foram nesta sexta à Câmara do Rio, veja só, tiveram de voltar para casa. Eles chegavam para trabalhar, mas não conseguiam entrar no Palácio Pedro Ernesto.

Segue...

A Presidência da Câmara resolveu que a sexta-feira antes do réveillon não era dia de expediente, mas não avisou a ninguém.

Partido da Mulher?

Em Angra dos Reis, o prefeito Fernando Jordão comanda o PMB municipal. O presidente da Câmara, Zé Augusto, é do mesmo partido. Os dois andam se bicando.

Quem manda é homem

Zé quer ser candidato a prefeito de lá em 2020. Mas Jordão quer a candidatura da... esposa Célia.

Mais proteção

Francisco Dornelles sancionou uma lei que inclui guardas municipais, agentes do Degase e policiais federais e rodoviários no Núcleo de Homicídios contra Agentes de Segurança Pública.

A partir de agora...

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil atuará na prevenção e na apuração de crimes contra agentes dessas categorias.

Outros beneficiados

A lei já contemplava policiais civis, PMs, bombeiros e agentes penitenciários. A nova inclusão é de autoria do deputado Bruno Dauaire (PRP).

Perigo, perigo

Quem for ao Hospital Naval Marcílio Dias, no Méier, deve ficar atento. Os serviços de aplicativos de transportes não aceitam chamadas por considerar área de risco.

Boa ação

As escolas estaduais Tim Lopes e Teóphilo de Souza Pinto, no Alemão, receberão 27 computadores. Parceria da Secretaria de Educação com o Santander.

Comentários