Após transações bancárias suspeitas, deputados da Alerj tentam driblar Coaf

Parlamentares dividem assessores e técnicos para evitarem que movimentações suspeitas sejam rastreadas

Por CÁSSIO BRUNO

Assembléia Legislativa do Rio
Assembléia Legislativa do Rio -

Rio - Alguns deputados estaduais do Rio encontraram um jeito de driblar o trabalho do Coaf em identificar movimentações financeiras suspeitas. É assim: eles dividem os mesmos assessores e técnicos nos gabinetes e, com isso, sobram vagas que são usadas, veja só, para pagar dívidas de campanha. Nesses cargos abertos, são nomeadas lideranças comunitárias. São elas que sacam os salários e distribuem o dinheiro diretamente aos cabos eleitorais, antes lotados na Alerj.

Essas pessoas, até então nomeadas nos gabinetes, não terão mais de devolver parte dos vencimentos aos deputados, técnica já descoberta pelo Coaf. Ou seja: receberão das mãos dos representantes de bairros. Quando o assunto é transferência bancária, a Alerj tem trauma. O Coaf identificou assessores de 21 deputados que fizeram transações atípicas.

Falta conhecimento da cultura brasileira

A cantora Alice Caymmi, neta do mestre da música Dorival Caymmi (1918-2008), foi para as redes sociais reclamar (e com razão!) da placa (à esquerda) que dá o nome de uma rua, no Leblon, com o sobrenome do avô escrito com a grafia errada. Mas, após o alerta de Alice, tudo se acertou (amém!). A prefeitura culpou a Plamarc, que fabrica, troca e faz a manutenção das placas, pelo problema. A Coluna não encontrou ninguém da empresa para comentar o assunto.

Placa errada (esquerda) e a colocada depois, com o nome de Dorival Caymmi escrito corretamente - Fotos de reprodução e de Daniel Castelo Branco / Agência O DIA

Pura vaidade

Há uma guerra de vaidades entre os deputados que compõem a bancada do PSL na Alerj. E a nova legislatura nem começou ainda. Eles estão irritados, por exemplo, da aproximação de Rodrigo Amorim com o governador Wilson Witzel (PSC).

Sumiço

Quem anda sumido é Vitor Júnior, ex-secretário de Obras e de Governo do prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, ambos do PDT. Ele vivia no gabinete do amigo, no 11º andar.

Segue...

Vitor desapareceu após a prisão de Rodrigo pela Operação Lava Jato. O ex-secretário dizia ser uma das opções do prefeito para disputa do cargo em 2020.

A praia é nossa!

Não é apenas nas areias das praias do Rio o loteamento. Em João Fernandes, Búzios, banhistas só podem usar o guarda-sol se almoçarem nas barracas. São muitas. E o preço da comida é exorbitante.

Aliás...

Ambulantes estão proibidos de circularem nas areias para vender produtos. Sem fiscalização contra a exploração, um turista questionou: "a milícia já chegou aqui?". Alô, prefeito André Granado (MDB)!

Viva o museu!

O Museu Nacional de Belas Artes comemora 82 anos hoje. Haverá o lançamento do projeto AdotARTE, realizado por associações sem fins lucrativos, para doação de acervos.

Galeria de Fotos

Assembléia Legislativa do Rio Paulo Carneiro/Parceiro/Agência O Dia
Placa errada (esquerda) e a colocada depois, com o nome de Dorival Caymmi escrito corretamente Fotos de reprodução e de Daniel Castelo Branco / Agência O DIA

Comentários