Tia Ju abre mão da presidência da Alerj para apoiar Ceciliano

Agora, na disputa, além de Ceciliano, sobrou apenas o deputado Chicão Bulhões (Partido Novo), que ainda tentar formar uma chapa

Por CÁSSIO BRUNO

Deputada Tia Ju (PRB)
Deputada Tia Ju (PRB) -

A deputada estadual Jucelia Oliveira Freitas, a Tia Ju (PRB), decidiu nesta segunda-feira (28) abrir mão da candidatura à presidência da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Ela apoiará o atual presidente André Ceciliano (PT). O acordo foi fechado nesta segunda-feira entre os dois.

Agora, na disputa, além de Ceciliano, sobrou apenas o deputado Chicão Bulhões (Partido Novo), que ainda tentar formar uma chapa.

O deputado Márcio Pacheco (PSC), líder do governo Wilson Witzel e que chegou a lançar a candidatura com o apoio do PSL, também desistiu. Já André Corrêa (DEM) está preso. Ele foi alvo da Operação Furna da Onça, braço da Lava Jato no Rio.

Segundo Tia Ju, a iniciativa de apoiar André Ceciliano foi do próprio presidente regional do PRB, Eduardo Lopes. A parlamentar negou que a ordem teria sido do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

"A disputa pela presidência estava fracionada. Eu e o André dividiríamos muito os votos. Eu queria ficar até o fim, mas há muita briga de egos. Não tenho vaidade", afirmou a deputada à coluna Informe do DIA.

Tia Ju, no entanto, ainda negocia se ocupará a segunda ou a terceira vagas de vice-presidente na Mesa Diretora da Alerj.

Comentários