Cabo Daciolo embarca no Podemos para concorrer à Prefeitura do Rio

Candidato derrotado à Presidência da República, em 2018, bombeiro que chamou atenção nos debates quer disputar sucessão de Crivella. Reunião com partido ocorreu na terça-feira, em Brasília

Por CÁSSIO BRUNO

Cabo Daciolo durante a campanha presidencial
Cabo Daciolo durante a campanha presidencial -

Depois conquistar 1.348.323 votos à Presidência da República, virar fenômeno nas redes sociais e de chamar a atenção nos debates, Cabo Daciolo voltou. Na última terça-feira, ele se reuniu com a presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), em Brasília, e sacramentou a sua ida para o partido. E mais: Daciolo fechou acordo para ser candidato à Prefeitura do Rio, em 2020.

Os dois tentavam uma aproximação há três meses. Inicialmente, Cabo Daciolo pediu para Renata disputar o Planalto ou o Senado. Depois de muita conversa, o próprio bombeiro concordou em concorrer, primeiro, à sucessão de Marcelo Crivella (PRB).

Fator Baixinho

Logo que soube do teor da reunião, o senador Romário (Podemos) também demonstrou interesse em brigar pela prefeitura. Ou seja: o ex-jogador, derrotado ao governo do Rio, e Cabo Daciolo terão de se entender.

Segue...

Daciolo está no Patriota, mas sairá porque o partido não atingiu a cláusula de barreira.

Deu no que deu

Em depoimento ao Ministério Público Federal, Sérgio Cabral (MDB) disse ter sido "cético" quanto às probabilidades de sua condenação no início da Operação Lava Jato, em 2014.

De cabelos em pé

Um deputado estadual está preocupado com a revelação de Cabral de que a Arquidiocese do Rio se beneficiou por meio da Organização Social Pró-Saúde, administrada pela igreja católica.

Na hora do voto

O parlamentar, de confiança de Dom Orani Tempesta, sempre teve apoio dos religiosos nas eleições.

A ponte

A OS Pró-Saúde teria sido beneficiada graças ao lobby desse deputado junto ao ex-governador.

Medo da investigação

O político disputaria a presidência da Alerj. Desistiu por temer a Lava Jato.

Censo na Alerj

Emissários de Samuel Malafaia (DEM) estão indo nos gabinetes perguntar a religião dos deputados, principalmente os novatos. Malafaia, evangélico, quer montar uma Frente Religiosa.

Gol contra

A dívida salarial do Fluminense não é apenas com os jogadores profissionais. Funcionários ainda não receberam o 13º, janeiro e férias. Em breve, vence o de fevereiro.

Aliás...

A turma terceirizada, que inclui a limpeza e a segurança, já trabalha nas Laranjeiras em esquema de rodízio.

Aqui, não!

O Bloco da Favorita, de Carol Sampaio, ficará sem desfilar este ano. Os moradores de Copacabana fizeram um ofício e entregaram à presidência do Tribunal de Justiça contra o evento. Alegaram falta de segurança.

Quem não chora...

"Num bairro com 200 mil pessoas não pode ter um bloco com um milhão de foliões", afirma Antônio Teixeira, presidente da AMA Copa.

Operação Abre-alas

O Riviera Country Club, na Barra, foi autuado pelo Procon Estadual por armazenar 11 quilos de carnes e frios sem especificação de vencimento.

Comentários