Mais Lidas

Juiz da Lava Jato curte Carnaval no camarote que foi de Sérgio Cabral

Marcelo Bretas disse não ter visto problemas em ficar no local onde ex-governador reunia políticos, empresários e empreiteiros hoje presos. Magistrado posou para fotos com os governadores Wilson Witzel (RJ) e João Dória (SP)

Por CÁSSIO BRUNO

O juiz federal Marcelo Bretas curtiu o carnaval em camarotes, como o do governo do estado
O juiz federal Marcelo Bretas curtiu o carnaval em camarotes, como o do governo do estado -

Quem marcou presença domingo na Sapucaí foi Marcelo Bretas. Ele passou parte da noite de Carnaval no camarote do... governo do estado! Com direito a todas as regalias do espaço. Juiz da Lava Jato, Bretas condenou e mandou prender o ex-governador Sérgio Cabral (MDB).

Bretas posou para fotos ao lado dos governadores do Rio, Wilson Witzel (PSC), seu amigo, e do de São Paulo, João Dória (PSDB). Na saída, o magistrado disse não ver problema em curtir a folia no local. "Estou no camarote do governo. Sou juiz federal", limitou-se a dizer à Coluna e ao repórter Rafael Nascimento. Bretas estava acompanhado de um assessor, que tentou impedir que o juiz desse entrevista e fosse filmado.

Outros tempos

No auge da carreira, Sérgio Cabral recebia no camarote do governo, no setor 9, políticos, empresários e empreiteiros hoje presos na Lava Jato, como o ex-presidente Lula.

É o bicho!

Bem perto de Marcelo Bretas circulava livre, leve e mancando da perna direita o contraventor Anísio Abrahão David, chefão da Beija-Flor.

Aliás...

Na concentração, Anísio acenava para o público do setor 1, cercado por guarda-costas. Distribuiu camisas da escola de Nilópolis e usava a fantasia da diretoria em alusão ao uniforme da Comlurb.

Lei da mordaça

Ao chegar ao primeiro dia de desfiles, Witzel foi cercado por pelo menos 10 seguranças. Um assessor disse aos jornalistas para não abordá-lo e nem fazer perguntas. Oi?

Enquanto isso...

Dória conversou com a imprensa e respondeu a todas as perguntas.

Então tá!

Um dos secretários de Witzel presentes domingo na Sapucaí era Gutemberg Fonseca (Governança e Relações Institucionais). Afirmou que a articulação com a Alerj é obrigação apenas do... deputado Márcio Pacheco (PSC), líder do governo.

Gringo no samba

O investidor americano Gary Cohn percorreu os camarotes do governo do estado e da prefeitura. Ele foi o principal assessor econômico do presidente Donald Trump.

Segue...

Entre 17 e 19 deste mês, Jair Bolsonaro irá a Washington. Fará palestra a investidores. Witzel quer tentar conciliar as agendas e jantar com o presidente.

Deu ruim

O vereador Renato Moura (PDT) foi hostilizado quando deixava um camarote no sábado. Implicaram por ele ser político dentro do microônibus no translado entre a Sapucaí e um hotel.

Sonhar não custa nada

Marcelo Crivella (PRB), como se sabe, não curte Carnaval. Mas o deputado Rodrigo Amorim (PSL) tentava fazer no Sambódromo o papel de prefeito, cargo que pretende concorrer em 2020.

Assombração

O comentário no camarote da prefeitura foi sobre o maior medo de Crivella hoje: Eduardo Paes (DEM), seu possível adversário em 2020. Como estratégia, pretende jogar para escanteio projetos lançados pelo rival.

Lembrando

Paes venceu Witzel na capital na eleição para o governo do estado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários