Braço direito de presidente da Eletronuclear pede demissão após Lava Jato

Eduardo Grand Court era auxiliar de Leonam dos Santos Guimarães, citado pela força-tarefa da operação. Procuradores encontraram desvios de dinheiro nas obras de Angra 3

Por CÁSSIO BRUNO

Obras de Angra 3
Obras de Angra 3 -

Em meio à crise desencadeada pela Lava Jato, Eduardo Grand Court, braço direito do presidente da Eletronuclear, Leonam dos Santos Guimarães, abandonará o barco. Ele assinou o Plano de Demissão Incentivada da estatal e deixará o cargo de coordenador da Presidência em julho. A decisão pegou Leonam e funcionários de surpresa.

Eduardo conseguiu ascensão dentro da Eletronuclear durante os governos do PT. Ocupou vários setores, incluindo a Gerência de Informática e a Superintendência de Gestão, além de ter atuado como assessor do diretor afastado Luiz Rondon, suspeito de favorecimento em contratos de seguro das usinas de Angra.

O indicado

Na última semana, procuradores citaram Leonam dos Santos Guimarães na Lava Jato. Segundo eles, o então presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, o indicou para um cargo na subsidiária da Eletrobras.

Condenação

Othon já foi preso na operação e está condenado a 43 anos de detenção por propinas na Eletronuclear. Leonam nega amizade com o almirante.

Influente

Leonam apareceu nas investigações quando a força-tarefa da Lava Jato afirmou que o ex-presidente Michel Temer (MDB) mantém "poder de influência" na Eletronuclear.

Corrupção

Os procuradores descobriram desvios de dinheiro nas obras da Usina Nuclear de Angra 3.

Mas que demora!

Existem dois processos contra a ex-governadora Rosinha Garotinho na 8ª Câmara Cível há mais de ano. Os casos são de improbidade administrativa e foram concluídos em 22 de março de 2017. Mas até hoje não houve julgamentos.

Segue...

O desembargador Adriano Celso Guimarães é o presidente da Câmara e também o relator. Foi candidato a corregedor de Justiça na última eleição.

Olha o gás, Detran!

A Associação dos Organismos de Inspeção Veicular do Estado tenta agendar reunião com a direção do Detran. Em vão. A entidade quer alertar que quase a metade dos 42.978 veículos com GNV pesquisados circulam irregularmente e são riscos.

Operação Furacão

Na terça-feira, o TRF-2 julga ação contra Capitão Guimarães, Anísio da Beija-Flor e mais 19 condenados por exploração do jogo do bicho e caça-níqueis no estado.

Comentários