MDB de Cabral e Picciani negocia entrada no governo Witzel

Acordo é para que partido alvo da Operação Lava Jato faça parte da base aliada do governador do Rio na Alerj. Comandos do Detran e do DER estão nas conversas

Por CÁSSIO BRUNO

Governador Witzel abrirá as portas para partido alvo da Lava Jato
Governador Witzel abrirá as portas para partido alvo da Lava Jato -

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), sinaliza ceder espaço para o MDB, que tenta se reerguer após as prisões de seus caciques na Lava Jato. As negociações fazem parte da nova articulação política adotada para formar base sólida na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Os emedebistas, na verdade, querem o comando do Detran. Mas em jogo também está o DER (Departamento de Estradas de Rodagem). Os dois órgãos, além da Fundação Leão XIII, estão nas mãos do vice-governador Cláudio Castro (PSC). No entanto, essas tratativas passam por José Luis Zamith, secretário da Casa Civil e Governança.

JOGO DURO DOS DOIS LADOS DA NEGOCIAÇÃO

Apesar da aproximação com o MDB, o governo precisará ter muita paciência. Mesmo encalacrado com casos de corrupção até pescoço, o partido tem feito jogo duro para abraçar Witzel na Alerj. A legenda (leia-se deputados estaduais) espera que o governo ofereça a área a ser ocupada. E não ao contrário. Com isso, permanece o impasse. Um deputado federal tentou alertar Witzel. Segundo o parlamentar, seja qual for o lugar a ser ocupado pelo MDB, ele estaria "facilitando as coisas" para os presidiários da legenda.

CÂMARA TENTA AFASTAR CHARLINHO

A Câmara de Itaguaí começou a se movimentar para afastar o prefeito de Itaguaí, Carlo Busatto Júnior, o Charlinho (MDB). Os vereadores abriram duas Comissões Especiais Processantes (CEPs). Uma investiga suposta falta de repasses de contribuição previdenciária a servidores. A outra está relacionada à transferência de R$ 2,5 milhões do governo federal a uma UPA municipal. Condenado por corrupção, ele foi flagrado num jogo do Brasil, na Copa do Mundo da Rússia, enquanto a cidade passava por uma crise.

REFORÇO DA PM SÓ APÓS INTIMIDAÇÃO

Foi preciso os jornalistas denunciarem para a PM reforçar o policiamento na comunidade da Muzema. Os milicianos que dominam a região intimidaram a imprensa, que cobre os desabamentos. Repórteres, fotógrafos e cinegrafistas deixaram o local com medo.

BICHO E TRÁFICO EM NILÓPOLIS

Sobrinho do contraventor Anísio da Beija-Flor, Abraão Davi Neto, o Abraãozinho Davi, pode concorrer a vice-prefeito de Nilópolis numa chapa encabeçada pelo vereador Rafael Nobre (PSB), condenado por associação ao tráfico.

MUDANÇA NO HORIZONTE

Abraãozinho está no PSD, mas embarcará no PTB, partido de seu outro tio, o atual prefeito de Nilópolis, Farid Abrão David. O martelo só não foi batido por causa dos problemas de Nobre com a Justiça.

CABRAL PERDE APOIO NAS REDES

Sabe aquele perfil criado no Facebook por simpatizantes em apoio a Sérgio Cabral (MDB)? Não é atualizado desde outubro do ano passado. Aliás, o domínio do site oficial do ex-governador preso está à venda por R$ 1.220,60.

JÁ PREPARA O SUBSTITUTO

Pré-candidato a prefeito de Mesquita, Leonardo Rodrigues (PSL), secretário de Ciência e Tecnologia de Witzel, trabalha para Romulo Massacesi, presidente da Faetec, ficar em seu lugar. Eles foram criados juntos.

HAJA HOMENAGEM

Após conceder Medalha Tiradentes à Michelle Bolsonaro, Alerj vota mesma honraria ao general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional.

PICADINHO

Acontece amanhã, às 18h, a Primeira Encenação da Paixão de Cristo no Caminho Niemeyer, em Niterói.

Na "Páscoa Solidária", Food Park Carioca arrecada doações para os desabrigados pela chuva até a próxima terça-feira.

UFRJ debate Reforma da Previdência, dia 24, às 17h. Acesso à inscrição no Facebook:"Brasil em debate: Reforma da Previdência".

SOBE

ENFERMEIRA REJANE

Lei sancionada de deputada do PCdoB determina que estabelecimentos ajudem mulheres em situação de risco.

DESCE

MARCUS VINÍCIUS BRAGA

Comandado pelo secretário de Polícia Civil, IML do Rio sofre com a falta de infraestrutura e dificulta liberação de corpos.

Comentários