De olho na reeleição, Crivella também pode fazer mudanças na Comlurb

Prefeito do Rio, que criou duas novas secretarias para abrigar novos aliados, planeja troca-troca no comando da companhia de limpeza urbana

Por CÁSSIO BRUNO

O prefeito Crivella ao lado de funcionário da Comlurb, em Copacabana
O prefeito Crivella ao lado de funcionário da Comlurb, em Copacabana -
Após escapar do impeachment e de olho na reeleição no ano que vem, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), deve promover uma nova dança das cadeiras para atrair mais partidos aliados. O alvo, agora, é a Comlurb. O presidente da Câmara, Jorge Felippe (MDB), indicou Paulo Mangueira, atual diretor de limpeza urbana, para ocupar a presidência da companhia no lugar de Tarquínio Almeida, apadrinhado pelo vereador Paulo Messina (PRTB), ex-homem-forte do prefeito na Casa Civil. Nesta quarta-feira, inclusive, Felippe, que votou contra o afastamento de Crivella, esteve no prédio da prefeitura, na Cidade Nova.
CULTURA TAMBÉM NA MIRA PARA NEGÓCIO
A Secretaria de Cultura é o outro alvo de Crivella para abrigar novos aliados. Hoje, a titular da pasta é Mariana Ribas. Ela também é indicação de Paulo Messina. O vereador votou contra o afastamento de Crivella, mas saiu enfraquecido do episódio e deixou a base do prefeito. Crivella criou duas novas secretarias: Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos (Felipe Michel, PSDB) e da Pessoa com Deficiência e Tecnologia (Marco San, do Podemos, braço direito do senador Romário). Já a de Trabalho volta para as mãos do PDT, com Renato Moura.
É O HELIO NEGÃO, BOLSONARO OU LOPES?
Quando tentou sem sucesso ser vereador em Nova Iguaçu era conhecido como Helio Negão. No ano passado, foi eleito deputado federal graças ao sobrenome famoso: Helio Bolsonaro. Agora, o parlamentar, que não desgruda do presidente, tem pedido para as pessoas não o chamem mais assim. O apelo é para que dirijam-se a ele como Helio Lopes, seu nome original.
DEPUTADO AINDA SOFRE COM FAKE NEWS
O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM), veja a maldade, ainda sofre com a notícia falsa divulgada nas redes sociais. O parlamentar aparece numa foto com o pastor Silas Malafaia, Magno Malta e Jair Bolsonaro na Marcha para Jesus. A legenda afirma que trata-se do sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso com 39 quilos de cocaína na mala. 
VINGANÇA É PRATO QUE SE COME FRIO
Após desentendimento por causa de cargos no governo Witzel com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, o deputado Max Lemos (MDB) dará o troco. Convidou Tristão a falar na CPI do Gás, dia 29, sobre concessão no setor.
O JOGO SÓ ACABA QUANDO TERMINA
Como foi convidado, Lucas Tristão não é obrigado a comparecer na CPI. Caso não vá, corre o risco de
ser convocado. Se isso ocorrer, o secretário terá de sentar na cadeira da comissão para dar explicações
a Max.
ETA GUANDU SEM ENGENHEIRO
O presidente da Cedae, Helio Cabral, exonerou mais de 50 funcionários. E criou um embaraço na Estação de Tratamento de Água do Guandu. Demitiu Octávio Legg Neto, o único engenheiro mecânico da estação que abastece todo o Grande Rio.
O QUE É ISSO, COMPANHEIRO?
Sabe o presente que o deputado Delegado Carlos Augusto (PSD) deu para a moça do café, aguçando a turma da Alerj? Caixa de bombons! Mas, irônico, o colega André Ceciliano (PT) o presenteou com... calcinha!
OLHA O GÁS!
Esta semana, o MP fechou sete estabelecimentos em Campos pela instalação irregular de cilindros de GNV. A Assinsp tem recorrido ao Inmetro para auxiliar o rastreamento.
PICADINHO
Hoje e amanhã, 19h, o grupo 'Samba Que Elas Querem' apresenta seu repertório em shows no teatro da Caixa Cultural.

Sábado, domingo e nos próximos dias 13 e 14, o West Shopping promove um Festival de Xadrez gratuito.
Michelle Fernandes, CEO da M2Trade, é a nova integrante do Conselho Empresarial de Política e Comércio Exterior da ACRJ.
SOBE
DANIEL ALVES
Lateral da seleção brasileira teve grande atuação na vitória sobre a Argentina, na semifinal da Copa América.
DESCE
GLAUBER BRAGA
Deputado federal do Psol chamou o ministro da Justiça e da Segurança Pública,Sergio Moro, de 'juiz ladrão' em audiência.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários