Secretários de Witzel brigam por comando do Procon-RJ

Lucas Tristão (do Desenvolvimento Econômico) avisou ao governador do Rio que quer órgão de proteção e defesa do consumidor, subordinado à pasta de Cleiton Rodrigues (de Governo)

Por CÁSSIO BRUNO

Lucas Tristão, secretário de Desenvolvimento Econômico
Lucas Tristão, secretário de Desenvolvimento Econômico -
RIO - Numa reunião na última quarta-feira, no Palácio Guanabara, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda, Lucas Tristão, e o novo secretário estadual de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, iniciaram uma disputa pelo comando do Procon-RJ, autarquia de serviço de proteção e defesa do consumidor. Tristão avisou, na presença do governador Wilson Witzel (PSC), que quer ficar com o órgão. O Procon-RJ é subordinado hoje à pasta de Cleiton, que não gostou do interesse do colega no mesmo dia da demissão de Gutemberg Fonseca, ex-secretário de Governo.

TRIO EM BUSCA DOS 50 VOTOS NA ALERJ

Aliás, o trio composto por Cleiton Rodrigues, o vice-governador Claudio Castro (PSC) e o deputado Márcio Pacheco (PSC), líder do governo na Alerj, passa boa parte do recesso na Assembleia atrás dos parlamentares. O corre-corre é para garantir apoio da maioria (com folga) nas votações após o retorno dos trabalhos. Uma promessa foi feita a Witzel: atrair para a base do Palácio Guanabara 50 dos 70 deputados. Detalhe: nem no auge de outro trio (Sérgio Cabral, Jorge Picciani e Paulo Melo) tal feito foi conquistado.

SECRETÁRIA VOLTA A CORRER RISCO DE SAIR

Não é só Leonardo Rodrigues (do PSL e segundo suplente do senador Flavio Bolsonaro), secretário de Ciência e Tecnologia de Wilson Witzel, que tem futuro incerto no governo. A titular da pasta de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes, também. Ela já esteve na corda bamba para ser demitida há uns dois meses. Mas Witzel deu uma chance. Agora, porém, Fabiana volta a correr risco de perder o cargo. O governador não está satisfeito com ela.

O ‘MORDE E ASSOPRA’ DO GOVERNADOR

Depois de sancionar lei da deputada Alana Passos (PSL), pré-candidata à Prefeitura de Queimados, para a instalação de unidade de ensino militar no município, o governador Wilson Witzel resolveu agraciar o grupo político rival da moça, que é unha e carne com o presidente Jair Bolsonaro. Witzel sancionou lei do deputado Max Lemos (MDB) para funcionamento de uma maternidade. Max apoia a reeleição de Carlos Vilela (MDB).

O PODER QUE O JUDICIÁRIO TEM

O vice-governador Cláudio Castro recebeu uma ligação nada simpática do presidente do TJ, Claudio de Mello Tavares. O desembargador cobrava pelo demorado repasse de dinheiro para pagar o 13º da turma.

AINDA O EFEITO FABRÍCIO QUEIROZ

Presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), sobre as investigações do Coaf e a polêmica envolvendo o presidente do STF, Dias Toffoli: “O homem público não tem que temer”. Petista tem assessores na malha fina do órgão.

CORRIDA PARA A TRANSMISSÃO

Quem entende do assunto afirma: nas suspeitas de direcionamento da licitação do autódromo de Deodoro, pode estar em jogo uma guerra comercial milionária pelos direitos de transmissão da Fórmula 1 na TV.

UM ALERTA PARA A REELEIÇÃO

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), recebeu recentemente o resultado de uma pesquisa quantitativa e qualitativa sobre a sua administração. Os números, digamos assim, não foram bons.

EM MESQUITA

Jorge Miranda (PSDB), prefeito, o vereador Leonardo Andrade (PHS) e o médico André Luiz (PTB), além de Leonardo Rodrigues (PSL), secretário de Witzel, devem concorrer.

PICADINHO

O ‘Creative Morning Rio’ debate o tema ‘Fim’ com a psicóloga Flavia Pitella, na sexta, no Circo Voador. As inscrições começam amanhã.

O projeto ‘AteliArte’ oferecerá aulas de artesanato e cosméticos naturais até o dia 31. No Espaço AteliArte do Caxias Shopping.

As ‘Férias no Centro Cultural Light’ começam amanhã, às 10h. Entrada gratuita.

DESCE

ANALISTA DE ARBITRAGEM

Marcio Tragante foi afastado por ironizar ‘cheirinho’ do Flamengo em rede social após eliminação na Copa do Brasil.

DESCE

EX-POLICIAL MILITAR PRESO

Vladimir Guimarães Ferreira foi apontado pela Polícia Civil como chefe da milícia de Austin, em Nova Iguaçu.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários