'Estão explorando a minha imagem e a minha dor', diz Flordelis ao justificar ausência em ato

Deputada federal do PSD do Rio não participou de homenagem ao marido e pastor Anderson do Carmo

Por CÁSSIO BRUNO

Flordelis deve participar da votação da Reforma da Previdência
Flordelis deve participar da votação da Reforma da Previdência -
Rio - Em vídeo publicado neste domingo nas redes sociais, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) justificou o motivo de não ter ido ao ato em homenagem ao marido e pastor Anderson do Carmo, assassinado a tiros, em 16 de junho, em frente de casa, em Niterói. 
"Eu estou aqui para agradecer a todo o apoio e orações que estou recebendo. Quero dizer para você, continue orando, porque eu creio no poder da oração. Hoje está acontecendo um protesto de pedido de justiça. Eu creio que a justiça para esse crime cruel e covarde que foi feito com o meu marido vai acontecer. Eu só não fui lá pessoalmente porque estão explorando demais a minha imagem e a minha dor. Mas eu creio que a justiça será feita", declarou a parlamentar com a Bíblia nas mãos.

Afastados da mãe, três filhos do casal fizeram uma homenagem ao pai em São Gonçalo, onde estava sendo construída uma sede do Ministério Flordelis.

Comentários