PM condenado por extorsão está nomeado na vice-liderança do PSL na Alerj

Rafael Sousa de Campos foi requisitado pela deputada Alana Passos e disputou eleições em Duque de Caxias

Por CÁSSIO BRUNO

O PM Rafael Soares de Campos
O PM Rafael Soares de Campos -
RIO - O segundo sargento da Polícia Militar Rafael Sousa de Campos, que atende pelo nome político de Rafael Simplesmente Amigo, está nomeado na 1ª Vice-Liderança do PSL na Alerj. O PM foi condenado por extorsão, em 25 de fevereiro de 2018, a seis anos e oito meses de prisão. Ele recorreu e, agora, responde em liberdade. Rafael foi requisitado pela deputada estadual Alana Passos (PSL) em ofício enviado ao presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), em 31 de julho, ao qual a Coluna teve acesso. Além do salário de policial, ele tem função gratificada de Auxiliar I, cujo salário é de R$ 5.486,76.

‘PODE COMPRAR CAIXÃO E AVISAR A FAMÍLIA’

A condenação ocorreu porque Rafael Sousa de Campos tentou cobrar, em 2011, uma dívida de R$ 40 mil. O PM marcou um encontro em uma lanchonete, em Duque de Caxias, e ameaçou a vítima de morte. “Pode comprar o caixão e pode avisar a sua família que eu vou te matar, vou te atropelar!”, teria dito o PM, segundo o processo. Desesperada, ela pediu “paciência” ao policial porque venderia a casa para quitar o valor. “Paciência é o que eu não tenho”, respondeu Rafael, segundo a ação judicial. Ele também não aceitou o imóvel como pagamento.

POLICIAL SERÁ EXONERADO ESTA SEMANA

Procurada, Alana Passos, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que a indicação de Rafael Sousa de Campos foi do também deputado estadual do PSL, Marcelo do Seu Dino, seu colega de bancada. Já o parlamentar disse, inicialmente, que iria apurar o caso para tomar providência porque até então não sabia da condenação do PM. Em novo contato com a Coluna, ele ressaltou ter confirmado a condenação do policial. Tanto Alana quanto Marcelo anunciaram a exoneração do policial.

DISPUTOU AS ELEIÇÕES EM 2012 E 2016

Rafael Sousa de Campos, de 42 anos, é de Duque de Caxias. Na cidade da Baixada Fluminense, tentou se eleger vereador, em 2016, pelo PTC. Teve 1.271 votos e ficou na suplência. Ele declarou não ter bens na Justiça Eleitoral. O PM também disputou uma vaga na Câmara de Caxias, em 2012, pelo PSDC, sem sucesso. A Coluna não conseguiu contato com Rafael. Ele negou o crime de extorsão no processo.

BOLSONARO TEM EVENTO NO RIO

O presidente Jair Bolsonaro e o filho, senador Flavio Bolsonaro, ambos do PSL, vêm ao Rio no próximo sábado. Vão participar de um evento na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende.

TENTATIVA DE APAZIGUAR

O governador Wilson Witzel (PSC) irá ao encontro de Jair e Flavio. Dirá aos dois que não tem planos para disputar a Presidência, em 2022. A estratégia é apenas ganhar tempo e unificar o rachado PSL na Alerj em sua base.

SEM AMIGOS NO CÁRCERE

José Dirceu, ex-ministro de Lula condenado no mensalão e na Lava Jato, emagreceu quatro quilos desde que voltou para a prisão, no Paraná. Ele se queixa da solidão pois só pode receber visitas de filhos e advogados.

MEMÓRIAS DO PODER PETISTA

Aliás... Dirceu já concluiu alguns capítulos do segundo volume de suas memórias. Tem passado a maior parte de seu tempo em pesquisas sobre a história recente do Brasil e na elaboração do livro.

MAS NÃO DEU PRAZO

Cristina Quaresma, secretária estadual de Desenvolvimento Social, anunciou em evento na Baixada que reabrirá os restaurantes populares. Começará pelo de Nova Iguaçu.

PICADINHO

Hoje e amanhã, o Museu do Amanhã promove o seminário ‘Resíduos Sólidos e Economia Circular’.

O cine-debate ‘Infiltrado na Klan’ é hoje, às 16h, no 9º andar da Uerj. Gratuito.

Lucy Dobbin toma posse na Superintendência da Sergio Castro Imóveis hoje, às 10h.

SOBE

EDINA ALVES

Em decisão da Série D, árbitra faz história e será a primeira mulher a apitar final de Campeonato Brasileiro.

DESCE

EMPRESÁRIO PRESO

Segundo o MPRJ, Laci Mendonça, dono de joalherias no sul do estado, lavava dinheiro para quadrilha de hackers.

Comentários