Companhia de limpeza de Niterói emprega candidatos derrotados nas eleições

A maioria dos nomeados concorreu pelo PPS, atual Cidadania, comandado por Comte Bittencourt, secretário municipal de Governo

Por CÁSSIO BRUNO

Comte, secretário de Governo, comanda o Cidadania, ex-PPS
Comte, secretário de Governo, comanda o Cidadania, ex-PPS -
RIO - Dezoito candidatos a vereador derrotados em Niterói (15 só na eleição de 2016) foram nomeados para trabalhar na Companhia de Limpeza da cidade, a Clin. Desse total, apenas um é concursado. O restante é comissionado. A maioria (dez) disputou uma vaga na Câmara de Vereadores pelo PPS, atualmente chamado de Cidadania. Quem comanda o partido é Comte Bitencourt, ex-deputado estadual e hoje secretário de Governo do prefeito Rodrigo Neves (PDT). Na lista, há políticos que concorreram ainda pelo MDB, PSB, PSD, PT e Solidariedade. Os salários variam de R$ 1,9 mil a R$ 10,4 mil.

O EX-DEPUTADO QUE CONCORREU A VICE

Em 2016, Comte Bittencourt se elegeu vice-prefeito de Niterói na chapa de Rodrigo Neves. Não ficou no cargo. Quis continuar deputado. Em 2018, disputou a eleição para vice-governador numa aliança com Eduardo Paes (DEM). Ele assumiu a Secretaria de Governo quando o então prefeito em exercício Paulo Bagueira (Solidariedade) estava no lugar de Neves, preso na Lava Jato. Em nota, a prefeitura informou que “presta um dos serviços mais bem avaliados pela população” e os servidores “cumprem os horários e respectivos turnos de trabalho”.

MAIA E PAES PARTICIPAM DE FILIAÇÕES

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, participa de caravana no fim de semana pelo interior do Rio. Fará novas filiações no DEM para as eleições municipais de 2020. Irá acompanhado do ex-prefeito Eduardo Paes (pré-candidato ao cargo novamente) e do deputado federal Sóstenes Cavalcante. Hoje, por exemplo, o grupo passará por Barra Mansa e Volta Redonda. Amanhã, estará em Rio das Flores, onde o prefeito Vicente Guedes oficializa sua ida à legenda.

A AMIZADE QUE ESTREMECEU A ALERJ

O clima não está nada bom para o lado do deputado estadual Rodrigo Bacellar (Solidariedade) na Alerj. Tudo por conta de sua amizade com o juiz Glicério de Angiólis Silva, da 2ª Vara Criminal de Campos. Foi o magistrado quem mandou prender o casal Garotinho. Mas, de quebra, levou à cadeia assessores de alguns parlamentares, que dizem ter o dedo de Barcellar, adversário dos ex-governadores.

BEM NAS MÃOS DO INIMIGO

A liminar dada pelo desembargador Siro Darlan, da 7ª Câmara Criminal, para liberdade de Rosinha e Garotinho foi parar por sorteio na 1º Câmara Criminal, cujo presidente é Luiz Zveiter, inimigo do casal.

NINGUÉM QUIS FICAR COM O CASO

Na 1ª Câmara Criminal, veja só, foi um alvoroço. Todos os desembargadores se declararam impedidos de relatar o caso. Foi aí que, ufa, o processo caiu para a desembargadora Katia Jangutta, da 2ª Câmara.

ALÔ, EVERALDO! LIBERA A MOÇA!

Após deixar o governo Wilson Witzel, Fabiana Bentes, ex-secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, tenta até hoje, sem sucesso, se desfi liar do... PSC, partido do ex-chefe. Mas ela não consegue.

A FUTURA NOVA TUCANA?

Fabiana recebeu convite de Paulo Marinho, presidente do PSDB, para se fi liar na legenda. Ela não bateu o martelo. Quer ficar um pouco distante da política. Marinho sonha com ela no comando do diretório da capital.

DEBATES

A Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Alerj, presidida por Renan Ferreirinha (PSB), inicia, segunda, audiências para debater o Rio. A primeira é em Barra Mansa.

PICADINHO

A psicanalista Prisciana Menezes inaugura amanhã, às 11h, a Koena Espaços Integrados, no Cittá América, na Barra.

Jorginho do Império faz show neste sábado, às 20h30, no Cariocando, Catete. Ele comemora 50 anos de carreira.

Acontece neste fi m de semana a 60ª edição de ‘O Mercado’, feira de moda e design, no IAB Flamengo. Das 13h às 20h. Gratuita.

DESCE

VEREADOR DE CAXIAS

Policiais encontraram quatro fuzis e uma pistola na casa de Claudio Thomaz, do Podemos, em investigação sobre morte.

DESCE

ALEXANDRE KNOPLOCH

Deputado do PSL, que nomeou o pai e a mãe no governo, implicou com as roupas usadas pelas parlamentares na Alerj.

Comentários