A guerra fria entre Witzel e Rodrigo Maia por prefeituras em 2020

Governador do Rio e presidente da Câmara dos Deputados correm para filiar prefeitos e ex-prefeitos em seus partidos, o PSC e o DEM

Por CÁSSIO BRUNO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia -
Rio - Se em público o governador Wilson Witzel (PSC) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), estão em lua-de-mel, nos bastidores a história é diferente. Os dois travam uma disputa por poder nos municípios do estado para elegerem aliados no ano que vem. Ambos operam em busca do maior número de filiações para seus partidos. No fogo cruzado, há ainda o espólio deixado pelo MDB, partido dilacerado pela Lava Jato. Maia, por exemplo, já fechou com prefeitos da Baixada e do interior que querem a reeleição. Além de ex-prefeitos que também concorrerão. O objetivo do DEM é conquistar de 30 a 40 prefeituras.

NA LISTA TEM ATÉ PREFEITA CASSADA

Rodrigo Maia convenceu prefeitos como Rogério Lisboa (Nova Iguaçu), Waguinho (Belford Roxo) e Dr.João (São João de Meriti). Este, aliás, será filiado com festa em 7 de novembro pelo próprio deputado e comandante do DEM. Há ainda Bernardo Rossi (Petrópolis), Severino Dias (Vassouras), Manoela Peres (Saquarema) e Lívia de Chiquinho (Araruama), que, recentemente, foi cassada, entre outros. O deputado federal Vinícius Farah (MDB) tem ajudado Maia a arregimentar novos filiados.

EVERALDO AJUDA WITZEL NAS FILIAÇÕES

Presidente do PSC, Pastor Everaldo é um dos emissários de Witzel nas negociações. Segundo ele, o partido ainda não estabeleceu uma meta de prefeituras. Everaldo minimiza a corrida por filiações entre o governador e Rodrigo Maia. “Não há disputa. Não queremos criar atritos para não atrapalhar a governabilidade”, disse. Mas citou algumas novas filiações, como as dos prefeitos André Português (Miguel Pereira) e Jauldo Ferreira (Paulo de Frontin). Além de Fernando Jordão (Angra dos Reis).

O ‘RAMBO’ DA ALERJ COM GOVERNADOR

Quem viu, não entendeu. Usando colete com o logotipo da Alerj, o deputado Alexandre Knoploch (PSL) acompanhou Wilson Witzel, em Nova Iguaçu, no fim de semana, após a chuva de granizo. O parlamentar estava armado e não fez cerimônia para mostrar. Foi confundido até como um dos seguranças do governador já que o deputado não é conhecido na Baixada. Procurado por meio da assessoria de imprensa, ele não retornou.

JUSTIÇA CONTRA REPÓRTERES 1

Sem citar nomes, Domingos Brazão, conselheiro afastado do TCE-RJ, afirmou que processará jornalistas que cobrem os desdobramentos das investigações das mortes da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

JUSTIÇA CONTRA REPÓRTERES 2

“Tenho 30 anos de vida pública. Está havendo dolo e má-fé. Tenho respeito pelos jornalistas. Sei do papel fundamental da imprensa. Qual é o interesse dessas pessoas em me prejudicar?”, questionou.

À ESPERA DE UMA CHUVA DE VOTOS

Witzel foi a Nova Iguaçu para doar telhas a moradores que sofreram com o granizo. Não faltaram políticos atrás do governador. Entre eles, o prefeito Rogério Lisboa, que quer se reeleger, e o deputado Max Lemos (MDB), seu adversário.

O OPERADOR DA AGÊNCIA

Lucas Tristão, secretário de Desenvolvimento Econômico de Witzel, não desiste nunca. Insiste para convencer deputados a aprovarem a nomeação do amigo Bernardo Sarreta para presidente da Agenersa.

EFEITOS DA CRISE

O vereador de São João de Meriti, Charlles Batista, é o novo presidente do PSL do município, único diretório oficial do partido. Ele é aliado dos Bolsonaro.

PICADINHO

Amanhã acontece a feira vegana gratuita ‘Vida Liberta’, das 13h às 21h, no Shopping Downtown, na Barra.

A procuradora de Justiça, Cristina Costa, lança o livro ‘Encruzilhadas’ amanhã, na Livraria da Travessa de Ipanema.

Também nesta quarta, às 20h, o festival gratuito ‘Arte Por Toda Parte’ terá uma edição infantil no Shopping da Gávea.

SOBE

JORGE JESUS

O técnico do Flamengo se tornou o treinador que ficou mais tempo na liderança pelo Rubro-Negro em Brasileiros.

DESCE

RENATO COZZOLINO

Como antecipou a coluna, o deputado estadual do PRP quer proibir a fabricação e venda de margarina no Rio.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários