PDT costura aliança para isolar Lula

Líder do partido, Carlos Lupi diz que já firmou aliança com PV, Rede e PSB. As siglas vinham sendo procuradas por Marcelo Freixo, que diz já ter conseguido aliança com o PT

Por Maria Luisa de Melo

Líder pedetista, Carlos Lupi cercou os mesmos partidos que são alvo de Lula e Freixo
Líder pedetista, Carlos Lupi cercou os mesmos partidos que são alvo de Lula e Freixo -

Enquanto o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL) diz que já garantiu uma aliança com o PT para as eleições municipais do ano que vem, com a formação de uma aliança progressista, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, não perde tempo. E parece ter saído na frente de Lula e Freixo na disputa pelo apoio do PV, da Rede e do PSB, alvos da concorrência. Na semana passada, Freixo contou que vinha conversando com as três legendas, além do PC do B, em busca de apoio. Mas, segundo Lupi, o PDT se juntará ao PSB, Rede e PV em um projeto nacional. Na próxima terça-feira, representantes destes partidos participarão de uma segunda rodada de reuniões para definir como o apoio se dará a nível municipal.

Mas uma coisa é certa: para a Prefeitura do Rio, os pedetistas terão candidato próprio e o nome escolhido continua sendo o de Martha Rocha (PDT). Há chances de Alessandro Molon participar da mesma chapa. Até agora Molon é pré-candidato do PSB à Prefeitura do Rio, o que pode mudar nos próximos dias. "Vamos lançar a candidatura da Martha com o apoio desses partidos. A gente quer traçar um caminho mais de centro-esquerda".

LUPI VOLTA A ATACAR 'EFEITO TABATA'

Após a federal pedetista Tabata Amaral contrariar o partido e votar a favor da Reforma da Previdência, tornando-se alvo do próprio partido, o PDT voltou a reafirmar sua posição por vetar candidatos aprovados em grupos de renovação (como o RenovaBr, origem da moça). A iniciativa está causando rebuliço, pois alguns filiados do PDT, oriundos de tais grupos, não poderão participar da próxima disputa eleitoral.

 

PAES DEBOCHA DE ACUSAÇÃO DE INCÊNDIO CONTRA DICAPRIO

A acusação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o ator Leonardo DiCaprio e a ONG WWF financiavam queimadas na Amazônia foi alvo de piada na internet. Ontem, o ex-prefeito Eduardo Paes postou uma foto com o astro, no Twitter. “Juro que nesse dia ele não me disse nada sobre esse negócio de incêndio”, brincou.

QUALQUER SEMELHANÇA É MERA COINCIDÊNCIA

O filme 'Intervenção', que aborda o programa das UPPs, vai abrir o Festival do Rio, na terça. Em uma prévia, a plateia gargalhou nas cenas em que dois ratos que vivem em contêineres foram batizados de Michel e Romero. Roteiristas negam homenagens...

 

PEDRA DO SAL VIRA ALVO DE DISPUTA

Não bastasse a disputa entre a prefeitura e o governo estadual pela gestão do Sambódromo e pela organização do Réveillon, a rivalidade foi parar na Pedra do Sal. Logo no simpático reduto da cultura negra, endereço de tantas rodas de samba. Após criticar, no Twitter, o abandono da prefeitura à Pedra, que está interditada, o secretário estadual de Cultura, Ruan Lira, marcou uma reunião com lideranças do lugar para amanhã. Diz que o governador está disposto a ajudar na preservação do espaço. A prefeitura alega que o problema está em um prédio privado, caindo aos pedaços, e que a Defesa Civil realizou a interdição para evitar acidentes.

PICADINHO:

- O Restaurante Sobrenatural recebe hoje, em Santa Teresa, exposição gratuita do artista plástico Mello Menezes.
- A Mostra de Teatro da UFRJ acontece até dia 15 de , de terça a domingo, às 20h. Na Escola de Comunicação, em Botafogo.
- O colégio de A a Z tem mais de 100 vagas abertas para o curso de pré-vestibular social. Inscrições até o dia 4.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários