Em crise, PSL troca direção em dez diretórios no estado do Rio de Janeiro

Decisão foi do deputado federal Sargento Gurgel, que assumiu a presidência estadual do partido

Por Maria Luisa de Melo

Alana Passos e seu marido, Robson
Alana Passos e seu marido, Robson -

A crise aberta no PSL nacional, que resvalou para o grupo fluminense, teve mais um contorno neste fim de semana. O atual presidente estadual da legenda, o federal Sargento Gurgel, decidiu fazer mudanças nas presidências dos diretórios municipais. Retirou dez dos 92 presidentes regionais.

Entre as cidades que passaram por mudanças estão Queimados, Cabo Frio e Belford Roxo, de onde foram retirados, respectivamente, Robson da Alana (na foto), Dr. Serginho (líder do partido na Alerj) e Junior Cruz.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários