'O Crivella não faliu o Rio de Janeiro', afirma vereadora Tânia Bastos

Vice-presidente da Câmara de Vereadores do Rio, Tânia Bastos, presidente municipal do Republicanos, defende gestão do prefeito

Por Alexandre Braz

Tânia Bastos é a líder do Republicanos na Câmara de Vereadores do Rio
Tânia Bastos é a líder do Republicanos na Câmara de Vereadores do Rio -

Presidente municipal do Republicanos e vice-presidente da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Essas são algumas das atribuições políticas da vereadora Tânia Bastos, de 53 anos. Sergipana, que está no Rio desde os seis anos, a parlamentar é uma defensora do prefeito Marcelo Crivella, principal nome da legenda no município. "O prefeito Crivella não faliu o Rio, e quem diz o contrário, tem pouca experiência na vida pública, a propósito, não conhece nem a história política da cidade", afirma. Com o educador Darcy Ribeiro como principal referência política, ela diz que "é fácil administrar em tempos de bonança, mas a competência se prova de verdade ao gerenciar na escassez. O Rio tem um gestor que trata a coisa pública com responsabilidade, dignidade, respeito e fidelidade". Confira abaixo outros trechos da entrevista.

O DIA: Como se deu a entrada da senhora na política?
Tânia Bastos: Minha primeira experiência aconteceu em 1999 quando fui eleita conselheira tutelar. Posteriormente, assumi a coordenadoria regional da Secretaria Municipal de Assistência Social e chefiei um gabinete na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). Fui empossada ao cargo de 2ª suplente do ex-senador Marcelo Crivella e eleita em 2008, vereadora do Rio.

Quem foi ou é a referência da senhora na política? E por que?
Como pedagoga, tenho admiração pelo saudoso antropólogo, sociólogo, educador, senador, Darcy Ribeiro, que foi um defensor incansável da escola pública, tendo-a como um instrumento de combate às desigualdades sociais. Ele participou da criação dos CIEPs (Centros Integrados de Educação Pública) e da elaboração da Lei de Diretrizes e Bases.

Como foi o ano de 2019 para a senhora na Câmara?
No ano de 2019, a Câmara trabalhou intensamente nas questões municipais em prol da população. Eu, como Vice-presidente da Casa, acompanhei e participei na condução dos trabalhos e aprovação de grandes projetos para ajudar a Cidade, nas questões sensíveis como a Saúde e a Educação.

Que projetos a senhora desenvolveu e que poderia destacar?
O meu mandato promoveu diversas ações e destaco a campanha: "Seja um parceiro azul", que buscou o cumprimento da Lei 6101/2016, que estabelece a inclusão do símbolo do autismo nos atendimentos prioritários junto aos supermercados, aeroportos, shoppings, etc. Consegui aprovar a lei que oficializa a "Caminhada em prol da Conscientização do Autismo". O movimento de pais, familiares e amigos é de extrema importância para os autistas. Apresentei projeto para instituir no município um banco de Cadastro Único para Pessoas Desaparecidas, corroborando com a lei federal sancionada recentemente. Estamos buscando dar às famílias que procuram os seus parentes mais uma ferramenta para auxiliar na busca. Conheço as histórias de cada uma destas mães que convivem com a dor da espera por notícias. É muito triste.

O que representa para a senhora ser líder do Republicanos na Câmara?
Representa apenas um cumprimento regimental. Somos muito unidos e respeitamos a opinião e as convicções uns dos outros. Debato com meus colegas as pautas de votação de acordo com os pareceres técnicos e, claro, visando o interesse da população do Rio.

Como está a cidade do Rio de Janeiro hoje na avaliação da senhora?
A cidade vive um momento de reconstrução, apesar de ter herdado todos os problemas financeiros, principalmente na área da saúde. Nos últimos três anos a prefeitura pagou 4,8 bilhões de dívidas da gestão anterior com R$ 10 bilhões a menos de arrecadação. Não fechou escola e hospital, não teve greve na Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) e nem de professor. Que prefeito fez tanto com tão pouco? Crivella enfrentou e buscou soluções para sanar e colocar as finanças do município no trilho certo. O prefeito Crivella não faliu o Rio, e quem diz o contrário, tem pouca experiência na vida pública, a propósito, não conhece nem a história política da Cidade. A atual gestão vem mantendo os compromissos, causando dissabor a muitos que torciam para dar errado. É fácil administrar em tempos de bonança, mas a competência se prova de verdade ao gerenciar na escassez. O Rio tem um gestor que trata a coisa pública com responsabilidade, dignidade, respeito e fidelidade. Tudo isso, o Crivella prioriza no seu governo. De nada adianta ter experiência, se faltam estas características ao homem público.

A senhora será candidata à reeleição no pleito de outubro?
Tenho desejo de continuar a defender as causas do autismo e das pessoas desaparecidas, além das pautas femininas. Porém, estou sempre à disposição do partido.

O brasileiro queria mudança e elegeu muitos parlamentares novos na eleição de 2018. Para a senhora, como vereadora, o que é ser um bom parlamentar?
O bom parlamentar é servir constantemente o povo e colocar intenso e verdadeiro amor naquilo que faz.

Quais os planos da senhora para 2020 na Câmara? Algum projeto especial?
Vou continuar apoiando as iniciativas que são boas para o município, defendendo os valores da família e quero trabalhar fortemente pela inclusão das pessoas com deficiência.

Poderia nos falar da participação da senhora dentro do partido? A senhora tem alguma atribuição na organização, no planejamento do Republicanos?
Estou presidente municipal do partido desde a fundação. Organizo junto com o Presidente Estadual, Luis Carlos, toda a nominata para as eleições de vereadores e contribuo com a nominata feminina para o Legislativo estadual e federal. Estou responsável pela militância das Mulheres Republicanas no Estado do Rio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários