Freixo está costeando o alambrado

Por Sidney Rezende

Marcelo Freixo
Marcelo Freixo -
O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) trouxe um elemento novo nesta fase de pré-campanha para a eleição à prefeitura do Rio de Janeiro: "Se tiver uma unidade ampla do campo progressista, eu vou para disputa, senão, apoio alguém. Eu preciso saber onde sou mais útil: é no parlamento ou é disputando uma cidade? Eu não tenho essa clareza ainda. Mas, para disputar uma cidade, tem que ter um projeto coletivo”, disse em entrevista ao site Poder360.
Se Freixo condicionar sua candidatura a apoios explícitos do PSOL, PT, PSB, PDT, PV, Rede, PSOL e PC do B, ele terá muito trabalho pela frente. No PSOL, estão com ele Renata Souza, Mônica Francisco, Dani Monteiro, Paulo Pinheiro, Tarcísio Motta e Chico Alencar. Contra a união do PSOL com PT, Renato Cinco, Babá e David Miranda. Sobre Miranda, uma fonte disse à coluna: "ele não une, mas desune". O grupo de Renato Cinco, pequeno, mas barulhento, sustenta que Freixo está brigando muito com a base do partido por causa da união da roteirista Antônia Pellegrino, mulher do deputado, com o diretor de "O Mecanismo", José Padilha, na produção de um documentário sobre Marielle Franco.
O PDT não abre mão de Martha Rocha como sua candidata. A dupla da Rede, Bandeira de Mello e Andrea Gouvêa Vieira, terá uma conversa pessoal com Freixo amanhã, mas não parece inclinada a abandonar a disputa em detrimento do psolista. O PSB, por sua vez, considerou positivo Freixo aceitar apoiar um outro nome que consiga aglutinar as forças de esquerda em torno de um só candidato. A decisão ainda está em aberto. O ex-ministro do Trabalho no governo Dilma, Brizola Neto, tem se apresentado como candidato do PC do B.

Crise no PSDB carioca

Teresa Bergher pode sair - Reprodução/Facebook
 Às vésperas do fim do prazo para a dança das cadeiras partidária, o PSDB ainda não tem nominata para a próxima eleição. Felipe Michel e Professor Adalmir deixaram o partido. Agora é a vez de Teresa Bergher ameaçar bater asas do ninho.

Pelas costas

 E tem concorrente doido pra ver a moça e seus 37 mil votos pelas costas. É o caso de João Ricardo que diz aos quatro ventos que só se filiará ao tucanato se a Bergher mudar de partido. Teme que os tucanos só façam uma cadeira.

Busca por espaço

 Num almoço semana passada com vereadores, o prefeito Marcelo Crivella tratou de tranquilizar os integrantes da sua base que estão sem partido para concorrer nas próximas eleições. Além dos três eleitos pelo partido - Tânia Bastos, Inaldo Silva e João Mendes de Jesus - o Republicanos dará legenda a pelo menos mais dois vereadores ainda sem porto seguro. Mas o anúncio será feito em cima da hora, para evitar a debandada do miolo da nominata.

CPI vai investigar sonegação fiscal

 A Câmara de Vereadores do Rio abriu CPI para apurar a possível sonegação de ISS.
O relator Jorge Manaia (SD) adiantou os primeiros passos. "Vamos ter atenção especial para as empresas prestadoras da atividade de leasing, factoring, entre outras, que muitas das vezes estão em outro domicílio".

PICADINHO

 Hoje e amanhã (12 e 13) será realizada a 8ª Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Gonçalo, no Teatro Carequinha, em Neves.
Hoje (12), às 10h, o diretor-geral da Alerj, Wagner Victer, dará Aula de Abertura do Semestre da Escola Politécnica da UFRJ com o título "Engenharia, Sociedade e Desenvolvimento".
A Comlurb, por iniciativa do Programa Lixo Zero, promove amanhã (13), de 8h30 às 18h, na sua sede na Tijuca, o 1º Workshop de Gestão de Resíduos. O objetivo do evento é disponibilizar ferramentas e diretrizes envolvendo a participação da população, gestores públicos e privados para que as cidades alcancem níveis mais altos de eficiência na gestão de resíduos.

Comentários