Ex-pescador quer ser prefeito de Macaé

Por Sidney Rezende

Presidente Municipal do PRTB, Ricardo Bichão foi pescador e hoje é um empresário próspero
Presidente Municipal do PRTB, Ricardo Bichão foi pescador e hoje é um empresário próspero -
O ex-pescador e atualmente empresário Ricardo Bichão, do PRTB, encerrou a série de entrevistas promovidas pelo jornal O Dia com os pré-candidatos à Prefeitura de Macaé. Ele contou sua história e disse que gostaria de devolver tudo o que conquistou para melhorar a qualidade de vida da cidade. "Comecei a pescar muito jovem. Deixei de jogar futebol, brincar. Assumi a responsabilidades muito jovem. Falei com meu pai que certamente eu iria ganhar minha vida no mar. E deu tudo certo. Eu sempre fui determinado. Eu não aceitava vir do mar sem peixe e sem camarão. E vinha o mau tempo, o mar ficava revolto, já saía devendo e não aceitava voltar com barco vazio".
Orgulhoso, ele conta que "com 23 anos, comecei no ramo empresarial. Eu pedi a Deus para me tirar da pesca. Levei 3 anos da minha vida sendo o melhor pescador de camarão aqui do município. E Deus me abençoou com um milagre, porque meu barco achou uma peça da Petrobras. Eu queria ser um empresário de sucesso e tive essa oportunidade de ser o que eu sou hoje. A política pra mim é o único lugar onde a gente consegue dar qualidade de vida melhor para a população. E Macaé tem muito problema, que entra e sai mandato, continua a mesmice. Como estou confortável, minha empresa cuida dos meus negócios, estou pronto e preparado para assumir essa nova empreitada na minha vida". Ricardo Bichão é mais uma pessoa que se desenvolveu fruto do setor de petróleo e gás, setor que ele ele acha que não será forte no curto prazo como no passado. "Minha empresa primária é de transporte marítimo. Tenho frota de embarcações. Trabalhamos hoje para todas as sondas de perfuração da Bacia de Campos, Santos e Espírito Santo. E meu segundo negócio é ancoragem, alugo âncoras, amarras e bóias. Algumas plataformas ancoradas na Baía de Guanabara são ancoradas por mim. E terceiro ramo é uma fábrica de pastel de aipim, que tenho em Magé. E o quarto negócio é a publicidade. Inauguramos no Carnaval o primeiro barco publicitário da América Latina". 

Caiu o filho do desembargador

Depois da saída do chefe da Comunicação do Governo do Estado, Mario Marques, foi exonerado o subsecretário da Casa Civil, Raphael Montenegro, filho do desembargador Abel Gomes. A Justiça do Rio torceu o nariz. 

Em defesa do Buraco do Lume

Vereador Renato Cinco (PSOL) - Divulgação/Clarice Lissovsky
Mesmo antes da aprovação da Lei dos Puxadinhos (PLC174/2020), o vereador Renato Cinco (PSOL) já tinha um projeto de lei (PLC 131/2019) para proibir a construção de prédios no Buraco do Lume. Ele promete dar coautoria para todos que quiserem e colocar a proposta em votação.

Mudança de hábito

Levantamento do Instituto Fecomércio (IFec RJ) descobriu que os fluminenses estão divididos quanto ao melhor lugar para comprar: 44,9%, em lojas físicas; 36,4%, lojas online; e 18,7%, em ambas.

PICADINHO

A Rodoviária do Rio acaba de receber o Selo Turismo Consciente da SETUR. É o único terminal de passageiros a obter a certificação no estado pelos rígidos protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19.  
Na segunda-feira, o Senac RJ realizará uma live no YouTube, às 19h, para abordar as diferenças e vantagens dos modelos de lojas física e virtual, bem como o planejamento necessário para a adaptação do negócio à era digital.
O prefeito Marcelo Crivella sancionou a Lei 6.761, do vereador Carlos Eduardo (Podemos), que cria o programa de auxílio às famílias dos servidores vítimas de Covid-19.

Comentários