Deputado critica Governo Federal em favor do Rio

Por Sidney Rezende

Deputado Pedro Paulo apresentou substitutivo ao Plano Mansueto
Deputado Pedro Paulo apresentou substitutivo ao Plano Mansueto -
Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, demonstrou estar incomodado com substitutivo apresentado pelo deputado Pedro Paulo (DEM-RJ) ao Plano Mansueto – série de medidas para conceder socorro às contas dos Estados. Procurado pela coluna, o parlamentar não se furtou a criticar a forma como a área econômica está tratando estados em situação difícil, como é o caso do Rio de Janeiro. "Custou caro a arrogância e teimosia do Governo Federal. É só fazer contas. Se tivessem seguido a lógica do meu projeto (PLP149/2019) - o Seguro-Receita de ICMS/ISS - e não a da LC173/2020, a União teria gasto, somente com os Estados, menos R$ 14 bilhões e teria distribuído os demais bilhões com muito mais eficiência, pois até Estados que tiveram aumento de arrecadação receberam o auxílio, prejudicando aqueles que mais precisavam. E não é a primeira vez que cometeram esse erro. Ano passado, copiaram - e mal - a minha PEC dos Gatilhos (438/2018), apresentaram no Senado, como PEC Emergencial, dizendo que em 2 meses estaria aprovada. E cadê? Agora, a equipe econômica já até veio me procurar para retomarmos o tema na Câmara".
Traduzindo em miúdos, Pedro Paulo considera injusto estados como Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que mesmo estando com suas contas mais aprumadas, receberam "tratamento especial", o Rio de Janeiro ainda esteja em compasso de espera. 

Lives de O Dia estão de volta

Urna eletrônica - Divulgação
Foi dada a partida. Recomeça, hoje (10), a sabatina com os pré-candidatos à Prefeito de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Estão confirmados: hoje, João Ferreira Neto, o Dr. João (DEM); amanhã, Giovani Ratinho (PROS); dia 12, Vinícius Baião (PSOL); dia 13, Professor Joziel (PSL); dia 14, Paulinho do Sindicato (PT); dia, 19 Titinho (Podemos); e dia 20, Léo Vieira (PSC). 

Militares que flertam com o golpe

Pesquisa do Fórum Nacional de Segurança Pública indica que 41% dos praças - soldados, cabos, sargentos e suboficiais - das Polícias Militares e Bombeiros Militares são bolsonaristas e apoiam ideias autoritárias, antidemocráticas e de ruptura institucional. Isto acontece, segundo o sociólogo Paulo Baía, porque "Jair Bolsonaro foi o principal porta-voz de todas as pautas legítimas e ilegítimas de PMs e Bombeiros Militares, inclusive as leis de anistias aprovadas pelo Congresso Nacional em função de greves e motins". 

TCE: Nome bem cotado

O atual Controlador-Geral do Estado, Homindo Bicudo Neto, está com o prestígio em alta para ocupar a vaga de Aloysio Neves no Tribunal de Contas do Estado. Ele foi diretor do Instituto Serzedello Correa, do TCE-RJ, atual Escola de Contas e Gestão. 

Novo Hospital público

A Prefeitura de Itaboraí inaugura hoje, às 10h, o Hospital Municipal São Judas Tadeu, no bairro Outeiro das Pedras. Após dez anos de portas fechadas, Itaboraí vai receber no local 30 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo – UTI, com respiradores, destinados ao tratamento de vítimas da Covid-19 da cidade. 

PICADINHO

Moradores da comunidade de Vila Aliança, em Bangu, terão acesso a aplicativo gratuito que vai acompanhar evolução do coronavírus na região. Projeto é parceria entre ONG Semente do Futuro e o Dados do Bem, criado pelo Instituto D'Or.
CAMP Mangueira e Aline Nascimento, do ID_BR, fazem live sobre antirracismo no trabalho amanhã (11), às 13h, no Instagram @campmangueira.
Grupo Heineken investe em alta tecnologia e se torna a primeira cervejaria a renovar a sua frota de empilhadeiras para reduzir impactos ambientais.

Comentários