Golpe à vista: clonagem do cartão de crédito

Tenha cuidado com sites que anunciam por preços muito inferiores

Por O Dia

Em um ano, quase 8 milhões de brasileiros foram vítimas de fraudes, sendo que 41% das ocorrências estão ligadas à clonagem de cartões de crédito. Além disso, com a chegada das festas de fim de ano, os criminosos aproveitam o aumento da circulação de consumidores nos centros de compras para fazer novas vítimas. Os dados são de um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Além da clonagem de cartão, outros golpes comuns são o uso indevido do nome para contratação de empréstimos, a utilização de documentos para abertura de crediário e o pagamento de boletos falsos. Por isso, ao se deparar com valores que não reconhece na sua fatura, cuidado, pode ser um alerta para uma possível clonagem. Entre em contato imediatamente com a administradora.

Exclusão

Tenho um veículo que foi alugado para um terceiro para trabalhar no aplicativo 99 Pop. A pessoa deixou de me pagar e sumiu com o veículo. Fui até a sede do 99 no Maracanã, para exclusão do veículo do aplicativo e fui impedida. Mesmo apresentando documentos originais do veículo. Heloísa Seabra, Rio de Janeiro

A 99 informa que a empresa não realiza exclusão de dados de terceiros. A empresa orienta a Sra. Heloísa Seabra a tomar as medidas legais cabíveis. Assessoria de Imprensa 99

Cadê a Comlurb?

Na Rua Isolina, no Méier o cenário que se vê é de ralos obstruídos, lixão a céu aberto e proliferação de ratos e insetos. Além disso, o gari não está fazendo a varredura corretamente, prejudicando os moradores do final do logradouro. Walter Filho, Rio de Janeiro

A Comlurb realizará uma vistoria na Rua Isolina, no Méier. A coleta domiciliar é realizada regularmente as segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 19 h, e a varrição todas as terças, quintas e sábados. A limpeza das caixas de ralo acontece periodicamente a cada 15 dias. Assessoria de Imprensa Comlurb

Riocard Sênior

Demorei três meses para conseguir agendar o RioCard Sênior. No dia 12/12, finalmente, consegui agendamento e fui fazer um novo cartão, mas como levei um comprovante de residência do mês de maio não conseguiu fazer o cadastramento. Agora vou ter que esperar mais três meses? Marina de Oliveira Amancio, Rio de Janeiro

Foi feito contato com o cliente, feito procedimento em linha, acertando dia e hora para retirada do cartão. Assessoria de Imprensa Riocard

Não recebi

Fiz uma compra no site da Animale no dia 03/12 com entrega prevista para 12/12 como não recebi, procurei o SAC da empresa, que não existe! Descobri um telefone do Grupo Soma, onde me informaram que enviaram um e-mail para a área responsável e que entrariam em contato comigo. Até agora não recebi retorno! Maria Marta Carvalho, São Paulo

Pedimos desculpas pelo atraso na entrega. Verificamos que o seu pedido já se encontra em rota. Por atraso ser uma falha nossa, iremos está estornando o valor do frete como pedido de desculpas. Equipe Animale

Dúvidas frequentes - Soraya Goodman, advogada e professora de direito ao consumidor

Depois do Natal muitos consumidores acabam voltando às lojas para trocar os presentes que ganharam. Pensando nisso, seguem algumas dicas sobre os direitos do consumidor na hora da troca: Se o presente não é do seu agrado ou é de tamanho inadequado, o lojista não tem obrigação de trocar. Isso muda nos casos em que a loja garantiu a troca contratualmente, por isso é muito importante perguntar na hora da compra se é possível trocar e quais são as condições para a troca; Se o produto é defeituoso, o fornecedor tem direito de consertá-lo no prazo de até 30 dias.

Mas, o consumidor poderá optar imediatamente pela troca do produto, devolução do dinheiro ou abatimento proporcional do preço, sempre que se tratar de produto essencial ou o defeito comprometer todo o bem. Vale lembrar que o prazo para reclamar os produtos com defeito é de 30 dias para bens não duráveis (que se consomem com o uso) e de 90 dias para os bens duráveis (roupas,eletrônicos,etc.). Esses prazos são os mesmos para lojas físicas ou online. Por fim, saiba que qualquer pessoa de posse da nota fiscal pode efetuar a troca e, caso a tenha perdido, você pode solicitar uma segunda via ao fornecedor.

 

Comentários