Em Brás de Pina, DJs e bandas tocam na rua, na porta do bar Subúrbio Alternativo

O Rock invade a Zona Norte

Por tabata.uchoa

Rio - Nos anos 80, o adolescente Daílson Sabino era muito fã do Kiss. Tão fã que, um dia, resolveu ir à escola com o álbum ‘Creatures of The Night’ (1983) só para exibi-lo aos colegas. Foi parar na coordenação. “A diretora do colégio olhou a capa e falou: ‘Parece coisa de filme de terror’. Não teve jeito,meu apelido na escola virou Terror”, recorda.

Atualmente conhecido como DJ Terror, ele promove noites roqueiras que passam por cantos variados do Rio. E leva guitarras e distorções para Brás de Pina, para a frente do bar Subúrbio Alternativo, que inaugura hoje com show da banda Noise Under Control e um quinteto de DJs do barulho (Lex, Luciano Cabeção, Alex França, Roger S e ele mesmo). Tudo na rua. Nas picapes, tem Kiss (claro!), Black Sabbath, Iron Maiden, Smiths, Nirvana e outros recentes.

O rock na porta do bar durante aniversário do DJDivulgação

Terror já havia feito um experimento no mesmo local — antes de transformá-lo no Subúrbio Alternativo — convidando bandas para seu aniversário. “Deu certo, e resolvi prosseguir. Não há, no Rio, espaço para o novo. As lonas são bancadas com nosso dinheiro, mas não dão lugar para o que não é rentável”, lamenta. “Em Brás de Pina, tem uma molecada que usa camisetas de bandas. Mas nos trailers da área só rola pagode. Cadê o rock?”.

O show e o som são gratuitos, mas Terror conta: “Se alguma banda ou DJ quiser passar a sacolinha pelo público, está liberado”. E nem só de rock vive o lugar: no sábado, às 19h, tem a festa Brazucalizando, com som da MPB ao mangue-beat. No domingo, às 16h, o rock e as bandas novas voltam com o projeto Ensaio Aberto ZN.

Serviço:

SUBÚRBIO ALTERNATIVO. Rua Iguaperiba 155, Brás de Pina ( 7812-6748). Hoje, às 19h.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia