Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Times

Pedro Valentim

[email protected]
Buscar
Assine
Isabella Taviani comemora 15 anos de carreira
Publicidade

Isabella Taviani comemora 15 anos de carreira

Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade
escolha do editor
Isabella Taviani: trilha sonora da vida dos fãs 
 - Divulgação/Tiele Melo
Isabella Taviani: trilha sonora da vida dos fãs Divulgação/Tiele Melo
Por BRUNNA CONDINI

Rio - Isabella Taviani comemora 15 anos de carreira com o lançamento da turnê 'Eu e Você' nesta sexta, no Vivo Rio no Parque do Flamengo. "Esse show é pra comemorar. É a hora de agradecer cantando as canções que as pessoas escolheram como parte da trilha sonora delas", conta.

No repertório, músicas como 'O Farol', 'Foto Polaroid', 'Presente-Passado', 'Diga Sim', entre outras, além de tributo aos Carpenters e o single inédito recém lançado, 'A Vida Vive Sem Você'. "Esses anos passaram rápido. Acho importante o artista manter o frescor. Na verdade minha carreira como cantora tem mais de 30 anos, mas só lancei meu primeiro álbum em 2003", lembra. "Não construí minha carreira só por meu mérito. Muita gente compra sua historia e quer consumir seu trabalho, sua música. Essas pessoas construíram essa carreira comigo".

ESSÊNCIA PRESERVADA

Dos bares da noite carioca aos grandes palcos do país, Isabella Taviani ralou para conquistar seu lugar na música popular brasileira, "Como qualquer bom brasileiro que rala", segundo ela. "Tinha um trabalho burocrático e não me sustentava com a música. Cantava em bares e trabalhava no Detran. Antes dei aula pra crianças em comunidades carentes", revela. "Atendia as pessoas, sempre gostei de ajudar. Trouxe isso pra música, a simplicidade. Encarar o outro igual, por mais que você esteja no palco com sua arte".

A cantora afirma ainda, que não se incomoda hoje com comparações que enfrentou no início da carreira, pelo timbre vocal, como com a cantora Ana Carolina, por exemplo. "Quando surge uma voz nova é natural que as pessoas procurem suas referências. Foi uma época que estava muito em voga esse tipo de voz forte, com pegada. Era natural que fizessem confusão. Me incomodou naquela época. Acho que hoje essa comparação é completamente equivocada", analisa. "Esse show, inclusive, tem cada vez mais a Isabella com esse vigor, essa voz rasgada. E se tem alguma semelhança com alguma outra cantora, vai continuar a ter, porque sou o que sou", diz, com humor.

Isabella prepara-se para sair em turnê pelo país com o show. "Canto canções que não canto há muito tempo, com arranjos modernos. A direção musical é do André Vasconcellos, com uma banda incrível. É um show pra presentear meus fãs e dizer: 'Muito obrigada por estarem comigo este tempo todo. Então tomem de presente o que querem ouvir'".

E anuncia: "Em 2019 vou lançar um álbum de inéditas".

Você pode gostar
Comentários