Cristiana Pompeo vai encarar cenas de drama nos próximos capítulos da novela das seis - Andrea Rocha
Cristiana Pompeo vai encarar cenas de drama nos próximos capítulos da novela das seisAndrea Rocha
Por BRUNNA CONDINI

Rio - Cristiana Pompeo é a forte e independente Matilda de 'Deus Salve o Rei'. Em sua primeira novela, ela vive a proprietária da Taverna de Montemor na trama das 19h, dona de um bom coração, que ajuda quem precisa e também parte em defesa de Amália (Marina Ruy Barbosa), por conta da injustiça da acusação de bruxaria que a mocinha sofre. Nas cenas de embate com o povo da cidade, a também comediante vai exercitar um lado menos habitual seu, o drama.

"Acho mais fácil fazer rir do que fazer alguém chorar. Comover alguém, sem apelar demais, também acho muito difícil. Admiro atores que têm um magnetismo e prendem a atenção do público fazendo-o se emocionar junto", diz a atriz, que tem 20 anos de trajetória, integrou o elenco do 'Zorra' por dez anos e o programa dominical 'A Cara do Pai'.

Para viver a batalhadora Matilda, Cristiana teve inspirações bem próximas. "Na minha avó que sempre foi muito batalhadora e era dona de salão de beleza. E na minha bisavó, que teve a primeira sorveteria do Rio e um ateliê, mesmo tendo morrido jovem, aos 38 anos", conta. "As duas tiveram infâncias difíceis e sozinhas conseguiram se erguer com seu empreendedorismo. Ambas me vieram à cabeça na mesma hora em que soube que faria a Matilda, uma dona de taverna".

A atriz, dubladora, comediante e cantora faz graça da maldição de Matilda de que, se os maridos a traírem, morrem. "Ela está feliz com Olegário (Claudio Garcia), por enquanto está tudo indo bem. Vamos ver. Espero que ele não olhe para o lado, senão já viu", diverte-se.

Astrologia e literatura

A atriz também estudou astrologia e está lançando seu livro, 'Brincando de Astrologia", voltado para crianças, com quadrinhos ilustrativos explicando cada signo. "Será lançado ainda este ano. É um sonho antigo e finalmente estou conseguindo realizá-lo!", comemora.

E a pedido do caderno, ela comenta sobre o panorama astrológico do Rio e do país.

"São tempos tão pesados... O Brasil está realmente passando por uma fase difícil. O mapa do país, além de outros aspectos tensos, está vivendo um trânsito de Netuno em oposição ao Sol. Isso tem gerado grandes decepções com líderes, situações de crise e muitas questões envolvendo grandes quantias desviadas por corrupção, roubos, coisas ocultas, decisões do governo que causam impacto e exigem sacrifícios por parte da população", analisa.

"Mas a fé, a compaixão e a intuição são fatores positivos que Netuno reforça no brasileiro nesse período. Que bom que nenhuma crise dura para sempre. Devemos manter a esperança que dias melhores virão!", completa.

A carioca também fala dos próprios planos. "Meus sonhos sempre envolvem continuar sendo artista nesse país, o que já é uma vitória. Só quem é sabe a luta. E quero realizar meu monólogo, um projeto antigo que tenho, com várias personagens que criei ao longo de vários anos", diz.

Você pode gostar
Comentários