Caco - Reprodução
CacoReprodução
Por BRUNNA CONDINI

Rio - Aos 46 anos, Caco Ciocler chamou a atenção logo nas primeiras cenas como Edgar em 'Segundo Sol'. E desta vez, o que ficou evidente foi bem mais que o talento do ator. Caco foi parar nos trending topics do Twitter com uma enxurrada de comentários sobre sua boa forma. Ele afirma que ficar entre 'os mais comentados' na rede social não é algo com que está familiarizado. "Comecei a receber mensagens dizendo que eu estava nos TTs do Brasil, depois no México, no mundo, e não fazia a menor ideia do que era isso. Achei engraçado, curioso", confessa.

"Já fiz tanta coisa, tanta peça, tanto filme, tanta novela... Tanto assunto mais importante e interessante para as pessoas comentarem, pensei! Ao mesmo tempo, foi gostoso. Afinal, era prova de que alguma coisa nova estava acontecendo na minha carreira, e eu não podia desprezar isso, queria entender", diz.

E o ator fez questão de conferir o que diziam os posts. "Me diverti muito com a coisa toda tão escancarada, rasgada. Me senti lisonjeado com as declarações, claro, com aquele tesão todo. Dei muita risada, mas sem perder a noção de que era uma espécie de holograma, que ia passar. Ao mesmo tempo, achei uma ferramenta útil, isso da gente poder saber o que estão achando do nosso trabalho em tempo real. Saber onde o personagem está tocando nas pessoas".

Caco comenta como era sua relação com a internet antes desse episódio. "Basicamente, uso como um senhor de 46 anos, para pesquisa, filmes, séries, e-mails e Instagram. Facebook, confesso que ando visitando cada vez menos. Não consigo não responder aos comentários, tento ler tudo. Então, estava ocupando um espaço muito grande, sabe? Esse instrumento, que parecia maravilhoso no sentido de finalmente nos colocar diante do 'outro', de nos apresentar os vários diferentes, infelizmente tem reforçado o 'eu', tem servido apenas de espelho, e isso é muito triste".

Novos fãs

Carlos Alberto Ciocler tem uma carreira de mais de 20 anos e muitos trabalhos realizados. Destacou-se e foi premiado no teatro bem antes de ser reconhecido na TV. Aos 10 anos, já fazia teatro amador e escolhia cedo a profissão que também o escolheria: são 19 novelas, seis minisséries, 30 filmes e 21 peças. Agora, imaginem, qual não foi a surpresa deste paulista quando foi 'descoberto' por uma nova geração nas redes.

"Um grande amigo, lendo os posts, me disse: 'Caco, as pessoas estão enlouquecidas. Parece que você ficou dez anos perdido atrás de sua barba e acabou de ser resgatado da ilha dos galãs'", conta.

"Acho que isso define um pouco a sensação. Estava trabalhando muito, como sempre fiz, fazendo peças incríveis, filmes incríveis, novelas, séries... Não estava perdido em ilha nenhuma, mas fazia tempo mesmo que não ocupava esse lugar. Então, tem uma geração que nunca tinha me visto nesse lugar, que já estive antes, em novelas como 'A Muralha', 'América' e 'Páginas da Vida'. Vou na onda do personagem, e nem todo personagem tem esse apelo".

Caco conta que está frequentando a academia diariamente por conta do personagem. "Essa energia mais sexy do Edgar é uma energia construída. Quem manda é o personagem. Me envaidece no sentido do desafio. Eu precisava aparentar 20 anos mais moço para a primeira fase da novela, e está sendo, sim, divertido e bom saber que esse objetivo foi alcançado em tão pouco tempo".

Na quinta-feira passada, nasceu Elis, filha de seu único filho, Bruno, 21 anos. Apaixonado, ele tem se dividido desde então entre Rio e São Paulo, para ficar perto da netinha.

"Sempre disse a meu filho que crescer é assumir a parte da frente da canoa. Você toma mais vento, chuva e sol na cara, ganha algumas cicatrizes, sim, trabalha mais, mas é muito mais interessante do que ficar sentado atrás, na carona, protegido", divide. "Agora, ele teve a filha dele. Então, vai ter de remar, vai ter que proteger e, tomara, passar adiante essa lição e ensinar minha neta a assumir o controle. Eu, como avô, vou ficar na canoa do lado, só olhando e tentando aconselhar sobre os melhores caminhos, mas a decisão sempre será deles".

Caco Ciocler - Dessa Pires

Incansável

Namorando a apresentadora Luisa Micheletti há cinco anos, Caco revela que os planos do casal vão além. "Claro que seria pai novamente. A gente pensa nisso, sim, mas ainda não é a hora", diz.

Ele compartilha a visão de que encara o trabalho como um privilégio e conta que o ofício ocupa todo espaço possível em sua vida. "Isso força a um exercício incansável de autoconhecimento, de evolução física, mental, espiritual e sensitiva", diz.

Nessa levada, além da trama das 21h, ele protagoniza a segunda temporada da série 'Unidade Básica', do Universal Channel, lança seis longas ainda este ano e também mostra que é bom com as palavras em sua estreia como autor com o livro 'Zeide, A Travessia de um Judeu entre Nações e Gerações', sobre fragmentos de lembranças sobre sua família.

Você pode gostar
Comentários