André Luiz Miranda é voluntário de uma ONG em 'Malhação':
André Luiz Miranda é voluntário de uma ONG em 'Malhação': "do bem"Divulgação
Por

Rio - No ar em 'Malhação: Vidas Brasileiras' como Vinicius, o engajado voluntário de uma ONG, André Luiz Miranda comemora quase 20 anos de trajetória profissional, com apenas 30. "Ele é um cara super do bem e quer ajudar todo mundo", diz sobre o personagem, que também é evangélico e se apaixona pela praticante de umbanda Talíssia, vivida por Luellem de Castro.

Na trama, o voluntário inclusive ajuda a reconstruir o centro que ela frequenta, queimado por traficantes. "Acho que isso é religião. Você pregar a paz, o amor, a tolerância e o respeito. E o Vinicius é tudo isso. Então, mesmo tendo ideologia e crenças diferentes da dela, ele resolveu ajudar porque acredita no ser humano. Vai fazer o que acha certo".

André revela não ter uma religião específica. "Mas procuro entender e respeitar todas. Acredito que exista uma força maior, lógico, que rege todos nós, mas não denomino isso em uma religião específica", conclui. "E é isso que Vinicius fez com a Talíssia. Por mais que a crença seja diferente, ele quer que o amor prevaleça. E acabou criando um carinho muita grande por ela", conta sobre o casal, que deve se formar nos próximos capítulos, já que nesta quinta-feira confessam a paixão um pelo outro.

O ator aproveita para salientar a importância do folhetim falar de intolerância religiosa. "É muito triste pensar que exista ainda hoje esse tipo de preconceito. Não só de religião, mas pela cor da sua pele, por namorar uma pessoa do mesmo sexo", diz. E alerta: "Com a internet, basta um clique e você acaba descobrindo outros mundos. Isso é bom, mas temos que averiguar o que chega porque podem ser 'fake news'. E elas, muitas vezes, alimentam o ódio. Precisamos estudar mais, ler mais".

Amadurecimento

André Luiz estreou na TV aos 12 anos em 'Terra Nostra' (1999), ao lado de nomes como Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio, como o menino Tiziu. "Lembro de viagens, para Minas Gerais, São Paulo, que na verdade foram minhas primeiras para fora do Rio. Tudo era uma novidade. Foi uma experiência linda", lembra.

Hoje, ele também é pai de Beatriz, de 2 anos, fruto da sua união de seis anos com Letícia. "Acho que fui pai em uma idade boa. É uma experiência incrível, até meio clichê, mas a gente só descobre o verdadeiro amor quando temos um filho. Tudo que eu faço hoje é por ela, para ela", se emociona.

"Sou um pai super presente. Brinco muito, dou banho, troco fralda, dou comida, faço as coisas normais de pai. Apesar de trabalhar, de gravar muito, de viajar com a peça, dou muita atenção".

Rodando o Brasil com o espetáculo 'Jornal The Rolling Stones', com direção de Lázaro Ramos e Kiko Mascarenhas, André Luiz diz que 2018 está sendo muito especial. "Está acontecendo tudo que eu sempre sonhei. Quando acabar estes trabalhos, espero que eu entre em uma outra produção para dar continuidade a tudo isso", torce o ator.

Você pode gostar
Comentários