Série 'Xilindró' faz piada com políticos presos que ficam em cela especial

Nova temporada vai ao ar a partir de quarta-feira no Multishow

Por Gabriel Sobreira

Bastidores da terceira temporada de 'Xilindró'
Bastidores da terceira temporada de 'Xilindró' -

Em ano de eleições e de prisões de políticos, a série de humor 'Xilindró', do Multishow, traz à tona na terceira temporada, com 20 episódios, a partir de quarta-feira, às 22h, as vantagens que alguns governantes têm na cadeia. No programa, os corruptos ganham uma cela especial. Segundo Lindsay Paulino, que vive a travesti Xuxeta, tal benefício é o suficiente para gerar uma revolta entre os presidiários.

"Porque todo mundo quer ter o direito de ter essas regalias. Vamos ter cenas externas em alguns episódios também, o que posso adiantar é que alguns presos fogem e aí são capturados novamente. A Xuxeta, inclusive, foge pelo encanamento do esgoto junto com Time Tiurri (Caike Luna) e param no centro de São Paulo", adianta ele, que gravou em parques de diversão e borracharia, entre outros locais.

A propósito, a cada temporada Paulino pesquisa sobre o universo das travestis e o que elas falam no momento. "Sempre tento levar algum bordão novo", completa.

Gustavo Mendes, o também encarcerado Amadeus, conta como vai ser a reação do seu personagem diante dos recém-chegados políticos. "O meu personagem vai achar injusto, mas diante de alguns presidiários importantes que aparecerão, ele fará de tudo para agradá-los", revela.

Completam o elenco os outros detentos Lourival (Paulinho Serra), Matusalém (Ataíde Arcoverde), Marcão (Juliana Guimarães), Cézar (Oscar Filho), Tonhão (Robson Nunes), Pudorico (Leo Castro). Todos se unem para atrapalhar a vida de Sandra (Luciana Fregolente), a diretora do presídio, e Regininha (Simone Gutierrez), sua fiel escudeira.

"Tenho muito orgulho de fazer parte deste time, é um grupo que se conhece muito e não lembro de um dia em que eu não tenha gargalhado nos bastidores com o elenco", afirma Mendes.

Comentários

Últimas de Diversão