Bruno Cardoso conta tudo sobre sua recuperação: 'Cuidados são para a vida inteira!'

Cantor diz que o excesso de trabalho impede muitos artistas de dar atenção à saúde. 'E a conta chega', afirma

Por RICARDO SCHOTT | ricardo.schott@odia.com.br

sorriso maroto
sorriso maroto -

Rio - Se você esteve no show do Sorriso Maroto e se emocionou bastante com o retorno de Bruno Cardoso aos vocais, as novidades do grupo não param por aí. Saiu na semana passada o novo clipe do Sorriso, 'O Impossível'. E hoje na TV tem mais: o grupo vai estar à frente do 'TVZ Ao Vivo', às 19h, no Multishow. De volta após seis meses de afastamento para cuidar de uma miocardite (inflamação no coração), o cantor se cuida para dar conta de tudo.

"Antes do show, eu estava fazendo fono, trabalho pulmonar. Faço esteira, procuro me alimentar bem. Tudo para melhorar o rendimento. Tenho uma rotina de vinte anos no palco, mas esse processo de reabilitação vai ser para a vida inteira!", prevê Bruno, que após a experiência ruim, vai equilibrar mais o tempo que divide entre família e trabalho. "Quero viver mais o lado afetivo. Você acaba deixando de ligar para os amigos, estar com a família, cuidar da saúde, ou até de falar um 'eu te amo', porque tem que trabalhar".

SAÚDE E MÚSICA

Bruno é um dos artistas que, recentemente, precisaram se afastar dos palcos para tratar da saúde. Simaria, da dupla com Simone, retornou agora, após cuidar de uma tuberculose. Thiaguinho teve problema parecido. Nomes mais veteranos, como Jorge Aragão, também precisaram intensificar cuidados. O excesso de trabalho é cruel, não, Bruno?

"Com certeza. Quando você está no esquema de fazer o trabalho dar certo, cumprir agenda, fazer show, esquece do lado humano. A conta chega. A minha, demorou vinte anos, mas chegou", diz, rindo, o cantor.

O problema de saúde de Bruno foi bastante sério - mais até do que uma ausência de check-up aqui e ali faz supor. O artista recomenda a colegas que não sejam levados de roldão pelos compromissos e marquem idas ao médico. "Em nenhum momento meu problema era uma coisa sensitiva. Nunca senti dor. Se fosse só pela aparência, não daria para diagnosticar. Mas os exames mostraram que, se meu quadro ficasse como estava, em dois meses seria caso de transplante. E minha fisionomia não mostrava isso", recorda.

Com a miocardite diagnosticada, Bruno procurou ficar frio. "Busquei uma forma de enxergar as coisas que é muito positiva. Pensei: 'Por mais que a gente tenha problemas, vamos resolver. Se tiver que dar certo, vai dar. Se tiver que doer, vai doer. Vamos passar por isso'. Falava para família e amigos que daqui a pouco a gente estaria rindo daquilo tudo e tirando tudo como exemplo".

FARRA DA FESTA

O amigo Thiago Martins, que ocupou o vocal do Sorriso em sua ausência, foi o primeiro a telefonar quando soube da internação de Bruno. Alguns dias depois, o cantor soube pelos colegas de grupo que estavam com a intenção de parar e esperar sua volta. "Falei: 'Não, vocês estão errados, pô. Sou só uma das peças do jogo. A gente arruma um cantor'. Aí comentei que achava o Thiago superlegal para a função. Que ele tinha a energia da nossa galera, era um de nós", conta Bruno, que procurou o amigo, teve resposta positiva e... os ensaios começaram. "E o mais legal é que o Thiago tem uma pegada diferente. Eu sou mais romântico, ele é a farra da festa. A gente não queria um substituto. O Thiago falava: 'Sou mais um que, como vocês, está sentindo falta do Bruno'".

Thiago, por sua vez, só tem a agradecer a escolha. "Foram seis meses de momentos ótimos e únicos. Vou levar essa experiência pro resto da minha vida. Foi um grande presente de Deus pra minha vida", conta.

CLIPE NOVO

'O Impossível', música nova de Bruno Cardoso, Thiago Martins, Sérgio Jr., Cris Oliveira, Vinícius Augusto e Fred Araújo, já está nas plataformas digitais e ganhou clipe dirigido por Dig-Jam, trazendo um casal prestes a se separar. O papo dos dois começa num apartamento ("bem anos 1980, com todo mundo com figurino anos 1980", comenta Bruno) e segue para a rua, com cenas gravadas num domingo, na área de lazer da Avenida Paulista. O resultado já pode ser conferido no YouTube.

"A ideia era a gente simular uma banda de rua. Fui lá cantar e as pessoas começaram: 'Olha, o Bruno tá ali!'", brinca o cantor, que, no período de reabilitação, sentia um carinho bem especial da parte dos fãs. "Teve fã do Sorriso que me via na rua e falava: 'Pô, tô com saudades de você, mas quero te ver bem. Tenho orado por você'. Quando apareci no 'Fantástico' com o Sorriso (para lançar o retorno do grupo), a sensação das pessoas foi de: 'Ele tá ali cantando, é real, tá acontecendo!'. Nem esperava por isso", alegra-se.

Galeria de Fotos

sorriso maroto washington possato
Show do Sorriso Maroto marca a volta de Bruno Cardoso, que estava afastado por motivo de saúde washington possato
sorriso maroto washington possato

Comentários

Últimas de Diversão