Empoderamento feminino é destaque na próxima novela da Record TV

'Topíssima', trama de Cristianne Fridman, estreia dia 21 de maio, às 19h45. O folhetim é estrelado por Camila Rodrigues e Felipe Cunha

Por Gabriel Sobreira

Elenco no lançamento da novela 'Topíssima', da Record TV
Elenco no lançamento da novela 'Topíssima', da Record TV -
A Record TV realizou hoje, em sua sede, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio, o lançamento da sua próxima novela ‘Topíssima’, que estreia dia 21 de maio, às 19h45. O empoderamento feminino será um dos destaques do folhetim. 
“Tudo vem na hora certa. Acho importante trazer este tipo de trama no momento em que vivemos”, comenta a atriz Camila Rodrigues, a protagonista Sophia Alencar, durante o evento. Na novela, o universo feminino ganha destaque ao apresentar questões de conflitos da mulher contemporânea como maternidade versus carreira, envelhecimento versus estética e ilegalidade do aborto versus morte, entre outros assuntos.
“A Sophia é uma mulher vítima do empoderamento, porque ela pensa que, para ser respeitada, ouvida, ter sua independência e liberdade, necessita estar no controle absoluto, estar acima de todos. Não é fácil para uma mulher exercer cargos de comando e ser respeitada pelo seu trabalho”, afirma a autora Cristianne Fridman.
Impossibilitada de caminhar depois que caiu em casa e machucou o joelho, a novelista participou do evento por meio de uma videoconferência. “A novela está toda escrita. Trabalho só com alguns ajustes normais de continuidade, produção”, diz ela, que também assina a autoria da macrossérie ‘Jezabel’. “Impossível escrever as duas simultaneamente. É muito trabalho”, brinca Cristiane, que compara as protagonistas dos dois trabalhos. “São mulheres fortes”, acrescentar.
Para a atriz Denise Del Vecchio, que vive a cozinheira Madalena, os temas abordados no folhetim são mais do que necessários. Na história, a filha de Madalena, Jandira (Brenda Sabryna), morre ao fazer um aborto clandestino.
“Acho que minguem pode ser a favor do aborto. Mas a gente tem que ser a favor da liberdade de escolha. Eu, como mulher, defendo o nosso direito de escolher o que fazer com o nosso corpo”, defende a atriz.
Cristiana Oliveira, que dá vida à fútil Lara, mãe da mocinha, diz que diferente da personagem, não é escrava da beleza, mas que se cuida. “Comecei a usar Botox com 35 anos. Não sou viciada em clínica de estética. Cuido da alimentação, faço exercício todo dia, não durmo com meu rosto sujo, estou sempre hidratando. E procuro cuidar de dentro para fora. Me preocupo espiritualmente, mais do que ficar fazendo dietas malucas. Aceito meu envelhecimento com muita naturalidade, sem me desesperar”, confidencia.
Aos fãs de efeitos especiais, a trama não vai deixar a desejar. Por exemplo, o mar que aparece no mirante na casa do mocinho, o taxista Antonio (Felipe Cunha), é sempre incluído digitalmente. Isso porque a sequência é gravada em uma cidade cenográfica que reproduz o Vidigal (comunidade localizada no Leblon, na Zona Sul do Rio) e só posteriormente o mar é inserido. Bem como algumas casas, também são inseridas por meio de técnica computadorizada.
“Imagina gravar todas essas cenas no Vidigal, passando pela Avenida Niemeyer sempre engarrafada, pedir para parar o trânsito. Nunca íamos terminar a novela”, brinca Solange Cruz, diretora executiva da produtora Casablanca.

Galeria de Fotos

Elenco no lançamento da novela 'Topíssima', da Record TV Renan Calabri/Record TV
Elenco no lançamento da novela 'Topíssima', da Record TV Renan Calabri/Record TV
Elenco no lançamento da novela 'Topíssima', da Record TV Renan Calabri/Record TV

Comentários