Eliminado, Pyong admite erros na casa: "Reconheci e não repeti", diz

Enquanto isso, confinados acreditam que houve paredão falso e coreano voltará à casa

Por Juliana Pimenta

Pyong Lee se despede dos brothers após eliminação do 'BBB 20'
Pyong Lee se despede dos brothers após eliminação do 'BBB 20' -

Rio - Eliminado com 51,7% dos votos no último paredão do 'BBB 20', Pyong Lee é categórico: "Se fui um vilão em algum momento, foi um vilão do bem", diz. Após a saída da casa, o hipnólogo reconheceu alguns dos problemas que afetaram sua imagem. "Tive meus erros. Aconteceu de eu passar do ponto com relação à bebida e errar, mas pedi desculpas, reconheci o erro, e não repeti. Acho que eu evoluí muito lá dentro", concluiu Pyong, que comentou, inclusive, sobre sua postura dentro da casa.

"Acho que autoconfiança é diferente de arrogância, ela fortalece a mente, dá mais energia e te leva a assumir riscos. E isso fazia com que eu me divertisse no jogo. Ter confiança é uma característica minha hoje. No jogo, apostei todas as fichas nessa minha última jogada. Talvez nela a minha autoconfiança tenha sido um pouco exagerada", ponderou o coreano, que agora faz uma análise mais consistente do jogo.

"Ter escolhido ir para o paredão essa semana foi um grande erro porque eu não imaginei que aqui fora tivessem mutirões a favor do Babu e contra mim. E eu acabei subestimando o Prior em alguns momentos, mas porque eu me baseava nas atitudes que ele tinha na casa, na convivência, nas brigas. Jogava com meus "achismo", disse o ex-BBB, que tem novos planos para o futuro. "Eu sempre quis ter um programa, também sempre quis ser ator. Quero fazer tudo que tiver oportunidade e trabalhar muito", conta.

Paredão fake

Na casa, o clima de suspeita se instaurou após a saída de Pyong. Por ser bom jogador e amigo de boa parte dos confinados, os brothers acreditam que este pode ter sido um paredão falso e que a eliminação possa não ter sido para valer. "Eu vou esperar ele voltar até semana que vem", afirmou Marcela.

Felipe Prior, inclusive, comentou sobre o assunto com Flayslane e disse que não mudaria sua postura mesmo correndo o risco de Pyong estar assistindo tudo. Já Gizelly ponderou sobre a volta do hipnólogo como líder. "Vou ficar surpresa se ele não voltar", respondeu Marcela.

Por sua vez, Rafa apontou um motivo mais plausível para a saída de Pyong. "Essa perseguição com Babu e Prior está muito pesada. O público pode estar vendo isso e não deve estar gostando, porque está muito pesada", disse.

 

Comentários