Filme da Mulher-Maravilha é adiado por causa do coronavírus

Além da heroína, outras estreias também tiveram que ser remarcadas

Por O Dia

Gal Gadot, como a Mulher-Maravilha
Gal Gadot, como a Mulher-Maravilha -
Rio - Um dos filmes de quadrinhos mais aguardados para 2020, "Mulher-Maravilha 1984" teve que ser adiado por conta da pandemia do coronavírus. Inicialmente marcada para ir às telas em junho, a produção passou inicialmente para 14 de agosto.
Havia discussão na Warner Bros., inclusive, para que o filme estrelado por Gal Gadot fosse lançado diretamente para o streaming. Entretanto, optou-se por manter nos cinemas, visto que é uma das grandes apostas de arrecadação.
"Nestes tempos sombrios e assustadores, estou ansiosa por um futuro melhor pela frente. Onde podemos compartilhar o poder do cinema juntos novamente. Espero que todos estejam seguros. Enviando meu amor a todos vocês", escreveu Gal Gadot em seu Twitter.
A incerteza sobre quando as pessoas poderão voltar a ter uma vida normal, sem precisar da quarentena para evitar aglomerações por causa do novo coronavírus, está obrigando as produtoras e distribuidoras do cinema americano a mudarem seus planejamentos. O filme "007: Sem Tempo Para Morrer" foi adiado para 25 de novembro e"Velozes e Furiosos 9" passou para abril de 2021.
A animação "Scooby!" não tem nova data para a estreia, assim como os de terror "Novos Mutantes" e "Malignant", além do live action de "Mulan. Já as filmagens de "Missão Impossível 7" precisaram ser suspensas.

Comentários