'Tem três coisas que sou viciado: música, minha namorada e fazer amor com ela', diz Luan Santana

Live do cantor teve mais de oito horas de duração, participação de famosos e até casamento

Por O Dia

Luan Santana
Luan Santana "oficializou" a união de um casal que foi impedido de se casar pela pandemia de coronavírus -
Rio - Luan Santana fez uma live no estilo campestre, em sua casa, neste domingo. A transmissão teve mais de oito horas de duração, participação de famosos e muitos sucessos. "Depois de tudo o que nós já vivemos, eu escolhi o nome 'História' porque é isso que eu vou contar para vocês hoje. É a minha história, desde que eu saí de Campo Grande ainda adolescente", disse o sertanejo. 
Luan já havia avisado que convidaria algumas pessoas para fazer duetos com ele. Ivete Sangalo cantou "Química do amor" ao lado do astro e Sandy cantou "Mesmo sem estar". Quem também participou da live foi Maisa Silva, que era uma das espectadoras mais animadas nas redes sociais. Ao saber disso, Luan a convidou para entrar ao vivo com ele. 
Antes de cantar a música "Raridade", Luan puxou a namorada Jade Magalhães para pertinho dele e falou sobre o relacionamento dos dois. "Existem três coisas que eu me considero viciado: Música, minha namorada e fazer amor com ela", causando risos em Jade e nos músicos.
Ao saber da história de um casal que foi impedido de se casar por conta da pandemia de coronavírus, Luan "oficializou" a união dos pombinhos durante a live. E Luan ainda deu uma bronca em alguns fãs que se aglomeraram na porta de sua casa para estar mais pertinho dele durante a live. "Gente, por favor! Vão pra casa. É melhor pra vocês", disse. 

Galeria de Fotos

Luan Santana "oficializou" a união de um casal que foi impedido de se casar pela pandemia de coronavírus Reprodução
Luan Santana em sua live Reprodução

Comentários