Morre Tia Noêmia, fundadora e baluarte da União da Ilha

Presidente da ala das baianas tinha 82 anos e sofreu um infarto

Por elisa.souza

Rio - A União da Ilha está de luto. Morreu, na madrugada deste domingo, Tia Noêmia, fundadora, baluarte e presidente da ala das baianas da escola. A sambista tinha 82 anos e foi vítima de um infarto. O corpo foi velado na quadra da agremiação e enterrado no fim da tarde deste domingo, no Cemitério do Cacuia, na Ilha.

Respeitada também em todo o mundo do samba, Tia Noêmia era uma figura marcante e famosa pela identificação com sua escola do coração. Em nota divulgada pela assessoria de imprensa da Ilha, o presidente Ney Filardi fez questão de exaltar a importância da veterana.

Tia Noêmia%2C um das fundadoras da União da Ilha%2C faleceuDivulgação

"A União da Ilha perdeu um de seus maiores nomes. Tia Noêmia, ao longo de toda a vida, dedicou-se em sua atuação incansável para a consolidação de importantes marcos para nossa escola. Ao lamentar sua perda, transmito à família de Tia Noêmia meu sentimento de sincera solidariedade. Estou seguro de que seu legado continuará a inspirar a todos nós insulanos. Descanse em paz, querida Tia Noêmia", disse o dirigente.

Nas redes sociais, outros sambistas também lamentaram a morte da baluarte.

"Luto. Tia Noêmia agora está nos braços de Deus. Descanse em paz"

Bruna Bruna (rainha de bateria da Ilha)

"Ficamos orfãos de uma mulher que viveu o samba numa época que lugar de mulher era na cozinha. Grande personalidade. Com certeza Tia Noemia já está ao lado do saudoso Orfillo seu companhheiro na vida afetiva e no samba"

Tarcio Santos (radialista, comentarista de Carnaval e torcedor ilustre da Ilha)

"Quero deixar minha profunda tristeza e comoção. Que Deus a conserve no altar do samba onde tantos baluartes a farão companhia. Que Deus a receba e dê conforto aos seus familiares e amigos. A ala das baianas da Porto da Pedra está de luto"

Sandra Maria Trindade (presidente da ala das baianas da Porto da Pedra)

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia