Casquinha completa 91 anos e celebra com roda de samba na Portela

Veterano recebe carinho de amigos da Velha Guarda e lembra clássicos em encontro

Por O Dia

Rio - Eterno integrante da Velha Guarda da Portela, o compositor Otto Enrique Trepte, mais conhecido como Casquinha, completou 91 anos, neste domingo. Cercado por familiares e amigos, o sambista foi homenageado na quadra da agremiação com uma roda de samba.

Bastante animado, o veterano lembrou dezenas de sambas antigos da Portela e clássicos de sua autoria ao lado de Mauro Diniz, Tia Surica, Davi do Pandeiro, Timbira, Monarco e outros amigos da Velha Guarda. O presidente Serginho Procópio também participou do encontro tocando cavaquinho.

Ao chegar à quadra, Casquinha ainda conferiu a exposição "Carnaval em Madureira", inaugurada na última sexta-feira. A mostra é uma iniciativa do departamento cultural da escola.

Casquinha recebe carinho de Cecília%2C filha de Paulinho da ViolaLucia Pinto
Compositor%2C que completou 91 anos%2C visitou a exposição promovida pelo departamento culturalLucia Pinto



Portelenses reunidos para exaltar Casquinha%3A Monarco%2C Marcos Falcon%2C Tia Surica%2C Procópio e Dona Neném (da esq. à dir.)Lucia Pinto