Por thiago.antunes
Publicado 13/03/2014 02:38 | Atualizado 13/03/2014 02:39

Rio - Pesquisa feita pela Secretaria de Turismo e a ESPM no Sambódromo durante sábado, domingo e segunda de Carnaval revelou que a maior presença nos desfiles das escolas de samba é mesmo do carioca. Das 806 pessoas ouvidas, 74% eram do Rio, enquanto 14% vinham de outros estados do Brasil e 12% turistas internacionais. Além dos desfiles, eles frequentaram outros eventos carnavalescos da cidade. No ranking, a segunda opção das escolhas dos entrevistados nos dias de Momo ficou com os blocos de rua, com 67% da preferência, enquanto 10% foram para ensaios nas quadras, 10% para a Lapa, 6% a bailes, 4% aos desfiles da Avenida Rio Branco e 3% às feijoadas.

Carnaval 2

A média de permanência dos turistas na cidade foi de cinco dias, e 99% disseram ter suas expectativas atendidas ou superadas. Entre os entrevistados, 95% recomendam o Rio a amigos. A pesquisa mostrou que 57% dos visitantes ficaram em hotéis, 20% em casas de parentes ou amigos, 11% em imóveis alugados, 8% em albergues, 3% em apart hotéis e apenas 1% em navios.

Dos estrangeiros, a maioria veio da França, Argentina, Estados Unidos e Alemanha. Nos serviços do Sambódromo, alimentação foi reprovada no item preço por 57% e, em variedade, por 34%. Ganharam pontos os atendentes, com aprovação de 81%.

(Des)educadores

O Museu Bispo do Rosário, em Jacarepaguá, promove sábado Encontros (DES) Educadores, um programa de ações (im)prováveis em Educação. Vídeos, debates e apresentação da Dança do Passinho, com práticas de experiências corporais. A ideia é refletir sobre novas formas de agir para produzir transformações em uma cidade cada vez mais estratificada. Inscrições gratuitas em educativo@museubispodorosario.com ou pelo telefone 3432-2402.

A ideia é refletir sobre novas formas de agir para produzir transformações em uma cidade cada vez mais estratificadaDivulgação

Black, Black

Uma viagem no tempo pela Black Music. Com releituras dos maiores clássicos do gênero, desde os anos 70 até os dias de hoje, vem aí o sexto Baile Black Bom, na Pedra do Sal, sábado. A ideia é resgatar a essência dos bailes de rua, com Banda, DJ, Beat Box, Rap e toda a variedade de expressões artísticas que a Black Music pode oferecer. Completa a noite a Feira de Afro-empreendedores e Distribuição de kits Literários. Nas pickups, agitando a pista, o DJ Leandro Marcelino Flash (vinil / black antigo, funk 70, R & B e Charme). A partir de 17h.

Baile de black music faz viagem no tempoDivulgação

Samba do Castelo

E depois do agito do Carnaval, vem aí o Samba do Castelo. Makley Matos lidera a roda na Avenida Churchill, próximo ao número 60, no Centro, acompanhado de grandes músicos. O serviço de bar é por conta do Botequim São Quim, ali ao lado, na Rua Santa Luzia. Antes, nos intervalos e depois do samba, Rodrigo Furtado – DVJ DaGema – comanda as carrapetas e as imagens projetadas no telão. Tudo de graça, tudo na rua.

Encontro de Malabares

Criado há 12 anos, o Encontro Semanal de Malabares e Circo do Rio é um momento de encontros, troca de ideias e de técnicas entre malabaristas e circenses, que acontece toda segunda-feira, a partir de 19h, na Praça São Salvador, em Laranjeiras. Mas, para aproveitar este encontro, não é necessário ser malabarista. Basta o interesse em brincar com objetos no ar ou em assistir aos que dominam esta técnica.

Encontro Semanal de Malabares e Circo do Rio acontece em LaranjeirasDivulgação

Confetes

A atriz e cantora Inez Viana leva o “Samba no Teatro” para a Arena Carioca Fernando Torres amanhã, sexta, no Parque Madureira. Entrada gratuita.

Programação extensa do Rio É Rua: sábado tem A Guanábana e Perchita Guerra, no Museu da República, 10h30, e Circo DUX e Sergio Machado, no Parque das Ruínas, às 17h; domingo, Guga Morales e Circo da Silva no Museu da República, 10h30, e Coletivo NOPOX no Parque dos Patins, Lagoa, às 17h. Tudo gratuito.

O Projeto Parque Vivo, do Instituto Lotta de Cultura e Arte-Educação, realiza no domingo o “Domingo no Parque”. Atividades culturais, lúdicas e de arte-educação na comemoração do 104º aniversário de nascimento da paisagista e urbanista Lotta Macedo Soares, idealizadora do Aterro.

Respeitável Público – a Festa mistura teatro e circo em homenagem ao público carioca e seus recantos. Uma noite cheia de surpresas e atrações, a começar pelos Djs Lili Prohmann (Disritmia | Música Brasileira) e Doni (Bailão do Castelo). Sábado, 23, no Cais da Imperatriz.

Agytoê – o Baile Transante Pós-Carnaval acontece amanhã, sexta, a partir de 22h no Largo de Francisco de Paula, Praça Tiradentes. A conferir: o que será um baile transante?

Moradores de Ipanema, Gávea e Leblon movimentam-se para tirar os blocos de rua dos seus bairros. Sugerem um único local de desfile na cidade, de preferência bem longe de suas portas. Podem esquecer: o Carnaval de rua do Rio não vai ser confinado a um “blocódromo”.

Você pode gostar