Waldir 59 tem versos de samba estampados em camisa

Portela e a grife Poeme-se lançam mais uma camiseta, desta vez, ilustrada por versos do compositor

Por daniela.lima

Rio - O departamento cultural da Portela, e a grife Poeme-se, seguem costurando ideias e lançarão, na Feijoada da Família Portelense, neste sábado, mais uma camisa, desta vez, ilustrada por versos do compositor Waldir 59. A música, que foi escolhida pelo próprio baluarte, é "Vem Amenizar”. 

A terceira Porta-Bandeira da escola%2C Camyla Nascimento%2C com Waldir 59 e Teresa CristinaDivulgação


Waldir 59 é figura carimbada do "livro de nossas histórias" de que fala o samba de Monarco. Ali figura como parceiro fundamental de Candeia em cinco sambas-enredo da Portela, sendo dois cantados em dois de seus vinte e um títulos. É autor, ainda, de cerca de quarenta sambas, destacando-se também como um dos mais importantes diretores de harmonia. É hoje, junto a Casquinha e Monarco, um dos remanescentes da ala de compositores mais criativa da história das escolas de samba.

Integrante da Velha Guarda Show da Portela desde 2013, pelo valor histórico e cultural que tem para nossa escola e para o mundo do samba, o Departamento Cultural do G.R.E.S. Portela, decidiu prestar esta homenagem a este baluarte que está com 86 anos de idade e dedicou 76 deles à Portela. Trata-se de uma edição limitada. A renda vai para os projetos do departamento cultural. O objetivo é seguir homenageando outros artistas portelenses.

Para estrelar o ensaio fotográfico, juntamente com Waldir 59, o departamento cultural convidou a cantora Teresa Cristina, que será a atração da feijoada de Abril. Além de sua ligação com a Portela, em especial, com a Velha Guarda, a música, “Vem Amenizar” faz parte do repertório da cantora. Teresa, abriu mão do cachê para realização das fotos.

A Terceira Porta-Bandeira da escola, Camyla Nascimento, bisneta de Natal, também estrelou o ensaio fotográfico, de forma gratuita. A Grande surpresa, ficou por conta do próprio homenageado, que foi o modelo desta edição. A camisa estará à venda na butique da escola e na loja virtual da Poeme-se (www. poemese.com) por R$ 54.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia