Morre o lendário passista Vitamina do Salgueiro

Corpo foi enterrado nesta quinta-feira no Cemitério de Irajá

Por nara.boechat

Rio - O Salgueiro e o mundo do samba estão de luto. Foi enterrado na tarde desta quinta-feira, no Cemitério do Irajá, o corpo do passista Joel de Paula Soares, o lendário Vitamina do Salgueiro. O sambista morreu na madrugada de quinta-feira, aos 72 anos. A causa não foi informada.

Com apenas 1%2C50 m%2C Vitamina era integrante da Velha Guarda do Salgueiro e figura marcante na quadraAlex Nunes / Divulgação

Integrante da Velha Guarda do Salgueiro, Vitamina tinha apenas 1,50 m de altura e era figura marcante na quadra. Não faltava a nenhum ensaio. Sempre com sorriso no rosto, chapéu e sua inseparável pochete, encantava a todos pela vitalidade e show de samba no pé.

Morador de Barros Filho, na Zona Norte, ia de ônibus para a quadra do Salgueiro todos os sábados. Além disso, sempre participava das festas promovidas pela Associação das Velhas Guardas da Escolas de Samba do Rio.

Antes de brilhar pelo Salgueiro, a partir de 1956, Vitamina chegou a fazer parte das extintas agremiações Floresta do Andaraí e Índios do Acaú. Na década de 1960, participou de diversas apresentações ao lado de Ataulfo Alves, em São Paulo. Pelo estilo personalíssimo de sambar, foi homenageado com um verbete no livro "A Dança do Samba", do jornalista José Carlos Rêgo, escrito em 1996.

Em janeiro de 2014, em entrevista à coluna "Pelas Quadras", do jornal O DIA, o baluarte falou sobre o prazer de sambar. "Sou antigo no Salgueiro e já fiz de tudo um pouco. Fui mestre-sala, passista, diretor de passistas, diretor de ala, e há muitos anos estou na Velha Guarda. Mas sambar é minha paixão, é o que eu mais gosto de fazer na vida. Eu mesmo inventei todos os meus passos e nunca copiei ninguém".

Em seu perfil no Facebook, a presidenta do Salgueiro, Regina Celi, lamentou a perda do baluarte. "Despertamos hoje com a triste notícia da passagem do nosso pequeno grande Salgueirense Joel de Paula Soares, o Vitamina. Descanse em paz! Sentiremos muito a sua falta", escreveu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia