Detonautas voltam ao Rock in Rio com reflexão sobre intolerância no Brasil

Banda se apresentou no Palco Sunset neste sábado

Por RICARDO SCHOTT

Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio -
Rio - Após seis anos, o Detonautas Roque Clube voltou ao Rock in Rio no Palco Sunset, neste sábado. Logo após a apresentação do grupo liderado por Tico Santa Cruz, teve início no Palco Mundo o show de CPM22 + Raimundos, trazendo para o público do festival aquela nostalgia ao relembrar as bandas que marcaram uma geração lá no início dos anos 90.

Galeria de Fotos

Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio Graça Paes / Ag. News
Durante a apresentação deste ano, o vocalista fez uma reflexão sobre o momento de intolerância que o Brasil vive atualmente. "Vamos respeitar a democracia e as pessoas que pensam diferente da gente, desde que elas não estejam humilhando ninguém", pediu. 
Os Detonautas receberam no palco o Pavilhão 9 e eles tocaram "Killing in The Name", do Rage Against Machine. Em seguida, a plateia entoou um coro contra o presidente Jair Bolsonaro. "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*", gritou o público.
"A história do Detonautas com o Rock in Rio é muito legal porque o Detonautas entra, em 2011, pra fazer um show no Palco Mundo com uma desconfiança enorme por parte de setores da mídia musical. Os críticos de música desconfiando de qual era o poder que o Detonautas teria em cima do palco de conseguir movimentar o público. E a gente sai, em 2011, através das enquetes, inclusive a do próprio festival, como o melhor show nacional. Então, isso mostra a força que o Detonautas tem ao vivo, que sempre foi muito grande, e que talvez ao longo de todos esses anos tenha sido mostrada justamente pelo Rock in Rio para que o mundo todo pudesse ver, o Brasil todo pudesse ver", analisou Tico Santa Cruz.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários