Gêmeos DJs: Bhaskar lança single com o irmão Alok

"Estou nichado no eletrônico, mas me sinto feliz e confortável com o que faço. Meu irmão é um artista pop como a Anitta", diz

Por RICARDO SCHOTT

Bhaskar
Bhaskar -

Rio - Família que toca unida permanece unida. No Rock In Rio, os irmãos gêmeos Alok e Bhaskar estavam cada um no seu quadrado - o primeiro abrindo o Palco Mundo, logo na estreia do Rock In Rio 2019, o segundo agitando um dos dias do palco New Dance Order, mais focado na vanguarda dos sons eletrônicos. Agora, os dois irmãos, que começaram a tocar juntos (justamente por influência dos pais, um casal de DJs), voltam a trabalhar lado a lado, no single 'Killed By The City', que foi apresentado pela primeira vez no Rock In Rio. 

"É uma música que diz muito sobre o momento de nós dois. Apesar de ter uma melodia mais do eletrônico, também tem uma pegada mais festival, que é a cara do Alok", conta Bhaskar, localizando as diferentes entre sua proposta musical e a de seu irmão.

"Acho que o mais fácil pra diferenciar é que o Alok é um artista pop. Um verdadeiro showman. Eu classifico ele na mesma categoria de cantores famosos como Anitta, entre outros, algo mais popular. Mesmo que ele toque música eletrônica, acho que ele quebrou essa barreira de só tocar nos eventos da cena. E eu ainda tô mais nichado no eletrônico, me sinto feliz e confortável com o que faço. Não usaria a palavra 'experimental' para me definir, mas sou um cara que explora o sentimento na música, algo que não é todo mundo que vai entender", conta. 

Rock In Rio e Multishow

Bhaskar teve duas estreias há pouco tempo na carreira: além de debutar no Rock In Rio, também foi convidado a cobrir o New Dance Order para o canal Multishow. "Tocar no Rock In Rio foi multo especial, foi minha primeira vez, mas acho que veio no momento certo da minha carreira onde eu estou mais preparado. E foi um show que eu nunca mais vou me esquecer, com certeza", conta ele, que ainda aproveitou para pedir a namorada em casamento no palco do festival. "Quanto ao Multishow, fiquei muito nervoso com o convite. Nunca fiz nada parecido. Mas os artistas que estavam lá são profissionais com os quais eu já gostaria de trocar uma ideia".

Pais

Filhos de um casal de DJs, Swarup e Ekanta, Alok e Bhaskar cresceram indo aos eventos em que o casal tocava.

"Eu nem pensava em ser DJ. Aí em 2004, quando a gente foi tirar férias, eu e meu irmão começamos a mexer nos equipamentos. Acabamos gostando e fomos cada dia mais nos envolvendo. Então foi algo que aconteceu de forma natural e depois que a gente se apaixonou, foi impossível achar outro caminho", conta ele, que ainda tem uma irmã de 17 anos, a Jaya. "Ela estuda, mas também é YouTuber e se aventura nesse mundo das redes sociais. Ela é dez!", diz.

Gêmeos

Sabe aquela história de que um irmão gêmeo sempre sabe o que o outro sente? Bhaskar diz que com ele e Alok não é bem assim. "Essa coisa de que se você bate num gêmeo, outro sente a dor, é tudo mito", conta. "Mas temos uma conexão forte. Eu e o Alok sabemos como lidar um com o outro. Um sempre sabe tudo o que o outro vai achar engraçado, ofensivo. Nos conhecemos melhor que qualquer outra pessoa. Nos damos muito bem e nossa relação é muito especial".

Com tantos DJs na família, sempre viajando e envolvidos em projetos, dá pra reunir pais e filhos de vez em quando? "A nossa família tá acostumada com esse ritmo de não se ver o tempo inteiro, mas a nossa conexão é muito legal. Por todo mundo ser músico, eu acho que todos entendem essas limitações. Mas está todo mundo torcendo sempre um pelo outro e às vezes eu consigo encontrá-los até em festas", conta.

 

Comentários