As pochetes estão de volta

O acessório já foi considerado cafona, mas virou tendência e compôs os looks de muitas celebridades durante o Carnaval

Por O Dia

matéria sobre o retorno das pochetes à moda
matéria sobre o retorno das pochetes à moda -

Rio - Febre nos anos 1990, as pochetes voltaram com força total. A tendência ficou evidente no Carnaval, por exemplo, quando dezenas de celebridades do momento compuseram seus looks com o charmoso acessório, chamado também de sholder bag. "Elas (as pochetes) aliam estilo e segurança, dois aspectos ligados não só ao Carnaval, mas ao dia a dia nas cidades brasileiras", explica o stylist Rodrigo Barros.

Após caírem em desuso por serem rotuladas como cafonas, as bolsinhas usadas antigamente na cintura estão sendo vestidas sobre um dos ombros, cruzando o corpo, tal qual um cinto de segurança. Além disso, o retorno veio acompanhado de um remodelamento. Sobretudo no Carnaval, se pôde ver pochetes repletas de adorno e cores variadas, das neutras às chamativas.

"A moda é cíclica. De tempos em tempos, os estilistas buscam inspirações em outras décadas, tanto em costumes como nas roupas. A pochete até dois anos atrás era o terror da moda, era uma peça impensável de se usar e achar bonito. Hoje, é sucesso de vendas", afirma a consultora de moda Ana Paula Lima.

Aliás, no comércio, as pochetes "arrebentaram neste ano", segundo Eduardo Blumberg, presidente do polo Saara. Ele ainda indica que outros acessórios fizeram sucesso entre os consumidores, como a viseira e os arquinhos enfeitados com flores. "Nesse Carnaval, esses foram os produtos que deram mais retorno aos comerciantes", diz Eduardo.

"Eu uso muito. Porque as bolsas são aquele meio termo entre grande demais, apenas para os essenciais e pequeno demais para passar o dia na rua. É o dilema do 8 ou 80. Mas a pochete é o melhor 8 da vida, extremamente prático", comenta a estudante de Rádio e TV Bruna Lanza, de 21 anos. "Gosto de ficar com braços e mãos livres e ter mobilidade, sem ter que me preocupar. Além de ficar fácil de pegar e guardar os pertences", finaliza.

Nessa linha revival, encontra-se também os modelitos cor néon, sobretudo os bodies - peças apertadas semelhantes ao maiô. "O neon apareceu em muitos desfiles internacionais no mês passado, então fica em alta pelo menos até o fim deste ano", prevê Lima. "As pochetes devem resistir por mais tempo, mas os acessórios que devem se manter até o próximo verão são os paetês e brilhos dos anos 1970 e 1980, que estão em alta há alguns anos consecutivos", conclui a consultora de moda.

*Reportagem do estagiário Felipe Rebouças sob a supervisão de Paulo Ricardo Moreira

Galeria de Fotos

matéria sobre o retorno das pochetes à moda fotos Reprodução/Internet
Pochetes com brilho e cor néon foram destaque no Carnaval entre anônimos e celebridades e devem se manter em alta, ao menos até o próximo ano, segundo especialistas de moda Reprodução/Internet
matéria sobre o retorno das pochetes à moda Reprodução/Internet
matéria sobre o retorno das pochetes à moda Reprodução/Internet

Comentários