Aventuras Maternas: Porquinho recheado

Especialistas dão dicas de como ensinar educação financeira para os filhos

Por O Dia

Artur (E) e Daniel: educação financeira em casa
Artur (E) e Daniel: educação financeira em casa -

Rio - Lucélia, mãe de Artur e Daniel, de 9 e 5 anos, ensina educação financeira para os filhos desde cedo, porque acredita que precisam ter noção do valor das coisas e saber diferenciar o que precisam do que apenas desejam. E os especialistas concordam que é preciso incentivar a lidar com moedinhas e cédulas na infância. Veja dicas de como ensinar educação financeira para os filhos:

"A educação construída para crianças é baseada no exemplo. Os filhos procuram copiar uma atitude e um modelo, e os pais são os primeiros que elas utilizam. No campo das finanças este é o mesmo caminho. Você precisa conversar e mostrar atitudes que eles queiram copiar. Faça exercícios de como economizar, seja desligando uma luz, não desperdiçando comida ou comparando preços de brinquedos a alimentos", Gilvan Bueno, fundador da startup Financier Academy.

"Aos 5 anos, as crianças já começam a assimilar o assunto, a prestar atenção nos adultos, utilizando a palavra "comprar", "caro", "dinheiro" ou "moeda". Você provavelmente vai ouvir um "Eu tenho dinheiro guardado em casa, com as moedas que eu ganhei". Este é o ponto de partida", Rogério Barbaro Favalli, educador financeiro.

"A participação dos filhos no planejamento familiar possibilita que eles aprendam a dizer não para eles mesmos. Em vez de dar quantia diária, o melhor é fixar uma quantia mensal, para que ele possa administrar seus gastos de maneira que efetuem cortes para que tenham recursos o mês inteiro", Jefferson Ricart Pezeta, professor de matemática do Colégio Salesiano Santa Teresinha.

"A mesada não deve ter um valor alto. Para crianças até 7 anos, os pais podem começar com a "semanada", mais fácil para os pequenos se organizarem. Dos 8 a 10 anos, a criança já está acostumada com a mesada, mas deve continuar recebendo semanalmente. E dos 11 aos 15, o dinheiro já pode ser entregue mensalmente em um dia específico", Andrea Ramal, autora de livros que falam sobre educação financeira.

"Avalie a sua própria relação com as finanças e lembre-se que a forma como você lida com o dinheiro impactará diretamente na maneira com que seus filhos conduzirão as próprias vidas financeiras", Luciana Ikedo, especialista em investimentos. 

Comentários