Chef italiano cria doce em homenagem a Balotelli

O "pasticciotto" é um tipo de torta recheada muito famosa na região da Púglia

Por Istoé

Balotelli é vitima de injurias raciais
Balotelli é vitima de injurias raciais -

Bari – O início de temporada das ligas europeias está sendo manchado por casos de racismo. Buscando combater a violência racial em estádios de futebol, um chef de cozinha italiano dedicou um “pasticciotto”, doce típico da região da Púglia, ao atacante Mario Balotelli, do Brescia.   

Em homenagem ao atleta, Angelo Bisconti, chef de uma confeitaria de Salento, criou um “pasticciotto” de chocolate contra o racismo. O doce é decorado com a bandeira italiana para expressar sua solidariedade com Balotelli após os insultos dos torcedores do Hellas Verona.   

Na etapa final da partida entre Hellas e Brescia, quando o time do Verona vencia por 1 a 0, Balotelli pegou a bola com as mãos perto da bandeirinha de escanteio e a chutou em direção da arquibancada.   

Na sequência, o atacante ameaçou a sair de campo e se dirigiu para os vestiários, mas foi convencido por companheiros e adversários a ficar.   

O “pasticciotto” é um tipo de torta recheada muito famosa na região da Púglia. Tradicionalmente, a massa do doce é feita com banha de porco e o recheio originalmente utilizado é o creme de confeiteiro. No entanto, há variações com geleias, chocolate e frutas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários