Coreia do Sul confirma menos de 50 casos de coronavírus em um dia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) elogiou o país nas medidas de combate à covid-19

Por O Dia

Coreia do Sul adota medidas eficientes contra o propagação do novo coronavírus e reduz o número de infectados
Coreia do Sul adota medidas eficientes contra o propagação do novo coronavírus e reduz o número de infectados -
Coreia do Sul - Em meio às dificuldades de conter a pandemia do novo coronavírus e fazer a população mundial respeitar as regras de isolamento social, a Coreia do Sul tem se mostrado eficiente no combate à covid-19. Nesta segunda-feira, pela primeira vez desde o pico da doença, em fevereiro, o país registrou menos de 50 casos de novas infecções por Sars-Cov-2em um único dia - foram cerca de 47.
Após o surto inicial na China, ainda em dezembro de 2019, a Coreia chegou a ser a segunda nação mais contaminada no início deste ano, mas tem tido êxito na contenção da propagação em larga escala. A Organização Mundial da Saúde (OMS), inclusive, elogiou o país nas medidas de combate à covid-19.
Com receio de que a pandemia volte a ganhar força na região, o governo sul-coreano determinou a prorrogação da campanha de distanciamento social por mais duas semanas. As autoridades também decidiram as punições para quem violar as regras de quarentena: o cidadão será multado em até 10 milhões de won (R$ 42,7 mil) ou um ano de prisão, com 3 milhões de won (R$ 12,7 mil).
"Não podemos manter o isolamento social para sempre, mas, por enquanto, é a medida mais eficaz para ajudar a proteger os outros e a si mesmo", afirmou Kim Gang-lip, vice-ministro de Saúde do país.

Comentários