Esperança! Japão aprova uso de novo remédio em pacientes com covid-19

Segundo pesquisadores, há evidências claras de que o medicamento diminui o tempo de recuperação da doença

Por IG - Último Segundo

Profissionais passam por procedimentos de desinfecção
Profissionais passam por procedimentos de desinfecção -
O governo japonês aprovou a utilização da droga experimental remdesivir no tratamento de pacientes de Covid-19 com sintomas severos. Segundo pesquisadores, há evidências claras de que o medicamento diminui o tempo de recuperação da doença. A droga também está sendo analisada pelos Estados Unidos, com a possibilidade de ser autorizada nos tratamentos nas próximas semanas.

As autoridades de saúde dos Estados Unidos publicaram um estudo sobre pacientes que utilizaram remdesivir no tratamento da Covid-19. Segundo os resultados, a droga reduziu o tempo médio de recuperação dos pacientes de 15 para 11 dias.

“Estudos mostram que o remdesivir tem efeito positivo ao diminuir o tempo de recuperação”, afirmou Anthony Fauci, imunologista-chefe da Casa Branca, durante um encontro com o presidente Donald Trump. “É uma melhoria de 31% na recuperação. Isso prova que a droga pode neutralizar o vírus”.

Os Estados Unidos também esperam que a nova droga experimental possa reduzir o número de mortes pela Covid-19. “Os resultados sugerem um benefício de sobrevivência, com taxa de mortalidade de 8% para o grupo que recebeu o remdesivir, contra 11,6% do grupo placebo”, afirmou Fauci. A Organização Mundial da Saúde afirma que ainda é cedo para comemorar qualquer resultado. 

Comentários